Top Ad 728x90

26 de ago de 2011

, ,

CRÍTICA: AMOR A TODA PROVA (CRAZY, STUPID, LOVE)

Steve Carrel e Julianne Moore lideram a comédia Amor a Toda Prova

Produção com Steve Carrel, Julianne Moore e Ryan Gosling trás seriedade ao gênero comédia

Por André Moreira

Fazer rir sem fazer uso de piadas escatológicas e situações repetitivas é um fato cada vez mais difícil no mundo do cinema nos dias de hoje. Produções recentes provam que o retrocesso no gênero comédia leva à risca esse tipo de expediente. Infelizmente. Mas mesmo no manancial de produções voltadas para arrancar gargalhadas do espectador que usam de golpes baixos e piadas de baixo calão sempre existem as raras exceções. E uma delas chega aos cinemas nesta sexta, 26.

Batizado no Brasil como Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid, Love, no original) foge dessas fórmulas fáceis e aposta em um roteiro cheio de nuances e reviravoltas com uma história bem contada com o auxílio de um excelente elenco que conta com Steve Carrel, Julianne Moore, Ryan Gosling e Emma Stone


A trama conta a história de Cal Weaver (Steve Carell), que tem quarenta e poucos anos e leva uma vida perfeita, com um bom emprego, filhos e um casamento com a namorada do colégio, Emily (Julianne Moore). Até que, ao descobrir que Emily o está traindo e quer o divórcio, sua vida desaba por completo. Forçado a voltar ao mundo dos solteiros, ele enfrenta as dificuldades habituais de quem não sabe mais como se portar para se aproximar de uma mulher. É quando entra em cena Jacob Palmer (Ryan Gosling), um amigo que passa a lhe dar algumas dicas.

Julianne Moore está ótima e na medida certa como sempre ao lado de Steve Carrel, que faz um bom trabalho, apesar de seus maneirismos repetitivos. Emma Stone, a nova queridinha do mercado consegue arrancar risadas e Ryan Gosling, que se destacou recentemente no excelente Blue Valentine, empresta seu talento e seu charme ao seu personagem com o brilho que só um ótimo ator pode fornecer. Marisa Tomei e Kevin Bacon completam o elenco. Marisa é um dos pontos positivos do filme, aliás. Destaque para a homenagem a Patricky Swayze. Não conto para não estragar a surpresa.

No mais, essa produção muito bem dirigida a quatro mãos por Glenn Ficarra e John Requa é uma ótima comédia que fala sério de forma muito divertida.

0 Comentários:

Top Ad 728x90