Top Ad 728x90

14 de out de 2015

, ,

JÔ SOARES PRESTA HOMENAGEM A MIÉLE

Crédito: Globo/Ramón Vasconcelos
Amigos de longa data, Jô Soares presta sua última homenagem ao amigo Miele, morto na manhã de hoje. Jô irá exibir uma entrevista inédita com o artista que foi gravada na semana passada. Na ocasião Miele falou sobre intenção de publicar um livro sobre sua carreira através do crownfunding. O título do livro seria "Miéle - O Contador de Histórias". 
O tom da conversa dos amigos foi de pura nostalgia e ambos mataram saudade um do outro. Se sentindo a vontade Miele pediu um bebida para comemorar o encontro:  “Você já viu alguém fazer amizade em torno de um copo de leite?”, brincou. 

Globo/CEDOC
Nascido em São Paulo em 1938, Miele iniciou a carreira no rádio como locutor e logo passou para o estúdios de TV. Em 1959, mudou-se para o Rio de Janeiro e começou a trabalhar na extinta TV Continental. Ao lado do compositor Ronaldo Bôscoli, formou uma das mais bem sucedidas parcerias artísticas. Com ele, foi responsável pela direção e produção de espetáculos e programas musicais em emissoras de televisão. Em 1965, os dois foram contratados pela Globo para a produção do programa musical ‘Alô, Dolly’. A partir daí, esteve à frente de diversas produções, entre elas especiais de Elias Regina, entre 1971 e 1972; ‘Viva Marília’, com Marília Pêra em 1972; e ‘Sandra & Miele’, de 1976, famoso musical inspirado nos shows da Broadway. De 1976 a 1979, comandou o humorístico ‘A Praça da Alegria’, da Globo. Miele também atuou como humorista na maior parte da década de 1970. Fez participações nos programas ‘Faça Humor, Não Faça Guerra’, de 1970, ‘Satiricom’, de 1973, e ‘Planeta dos Homens’, de 1976. Em 1977, ocupou o banco da ‘Praça da Alegria’, contracenando com nomes consagrados do humor, como Walter D’Ávila e Ronald Golias, entre muitos outros.

Luiz Carlos Miele sofreu um mal súbito e foi encontrado morto em sua casa, no Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira, dia 14. Aos 77 anos, sua última participação na Globo foi no humorístico ‘Tomara que Caia’, no dia 6 de setembro. Em 2014, participou do quadro ‘Dança dos Famosos’ do ‘Domingão do Faustão’; da novela ‘Geração Brasil’ como o milionário Jack Parker; e da série ‘A Teia’ como o político Walter Gama. 

0 Comentários:

Top Ad 728x90