Top Ad 728x90

1 de jun de 2016

, , , , , , , , , , , ,

ENTREVISTA: ATLETA FITNESS, LÉO FERNANDES FALA DA PREPARAÇÃO PARA O MISTER RIO

Léo Fernandes se prepara para disputar o Mister Rio 2016/ Fotos André Moreira
Em plena preparação para disputar a primeira fase do Mister Rio 2016 na categoria Men`s Physique no próximo dia 18 de junho, o atleta Leo Fernandes contou um pouco de sua rotina de treino, dietas, o futuro no esporte, os desafios para manter o foco e chegar na final do tão sonhado campeonato.

Quanto tempo participa dessas competições?

Comecei a competir profissionalmente há um ano e meio mais ou menos. Eu sempre tive essa vida saudável, sempre tive essa filosofia. Então do nível em que eu já estava de restrição de alimentação e de treino não foi uma transição tão difícil. Já estava com meio caminho andado. Então eu pensei: porque não tentar?
Então eu encontrei com um amigo que já treinava para essas competições e ele me indicou um nutricionista que já trabalhava com outros atletas. Ele, digamos, me abriu as portas para esse esporte. Ele era de Pernambuco, conversávamos on line, me passava todas as dicas de nutrição e a partir daí começamos um trabalho para competir. No início foi um trabalho complicado, não foi fácil, foi muito diferente do que eu imaginava. Hoje já tenho outro treinador e nutricionista me dando um apoio.

A motivação veio então de você mesmo?

Eu já tinha esse estilo de vida e eu queria tirar mais de mim. Então eu pensei que tendo esses campeonatos em vista eu poderia me esforçar mais, extrair o meu melhor, me focar mais pra chegar ao meu melhor. Eu vivo o esporte independente dos campeonatos ou não. No meu primeiro campeonato eu queria ver se era realmente o que eu queria para minha vida. Participei como estreante no ano passado e em uma competição com mais de 80 atletas eu fiquei em terceiro. Aquilo para mim foi a mesma coisa que ganhar o campeonato.


Você fica de mau humor quando está na fase mais restritiva da dieta para a competição?

Isso é inevitável. São alguns fatores principais. O cansaço físico porque você treina pesado e está em uma restrição calórica, seu corpo fica mais cansado e mesmo assim tem que manter o ritmo de treino e às vezes até aumentar.  O outro fator é a tensão pela proximidade da competição que me deixa mais estressado. Tem que saber lidar.
O ponto mais complicado é a dieta então...

Sim. É o ponto que difere o atleta dos “não atletas”, os dedicados dos não dedicados. Qualquer um pode ter uma academia para treinar e suplementação também. O que vai fazer a diferença em quem está buscando um resultado é a dieta. E se você não fizer o que tem que fazer o corpo não vai responder.

Como é o seu treinamento no dia a dia?

Com a proximidade da competição o ritmo aumenta. Tenho feito dois treinos de cardio por dia. Um pela manhã em jejum em ritmo moderado e outro a noite. E a tarde faço o treino de musculação.

Sobre esteroides. É comum atletas usarem nessas competições de fisiculturismo?

Não é liberado o uso para essas competições e eu não recomendo. Sempre tem atleta que quer chegar ao seu objetivo pelo caminho mais rápido mas mesmo os atletas de ponta não vão conseguir chegar no nível que desejam usando esteróides. O esporte não incentiva o uso até porque isso seria somente a ponta do iceberg para quem sabe chegar a algum lugar. Só quem se dedica realmente chega ao seu objetivo e a dedicação vem antes de qualquer coisa.

Além do treino e dieta você se utiliza de alguma suplementação?

Perto da época de campeonato eu corto a maioria de suplementação industrializada. Eu tento focar mesmo nos alimentos naturais e sigo assim por duas, três semanas até o campeonato. Tento tirar ao máximo de suplementos com fontes industrializadas porque querendo ou não esses produtos tem adoçantes, corantes, sódio, substâncias que as vezes você nem percebe que estão ali mas elas acabam influenciando no resultado final. As únicas suplementações que tomo atualmente é a glutamina e o BCAA para poder segurar um pouco de massa por conta da restrição calórica e dos treinamentos cardios.

Como você imagina o seu futuro no esporte?

Quero subir os degraus, passar pelo campeonato brasileiro, o Sulamericano e além dos campeonatos conseguir outras coisas como patrocínio e viver do esporte.


Qual a dica que você dá para quem está querendo começar nesse esporte?


A base principal é a determinação e fazer o que ninguém pode fazer por você, fazer os treinos, as refeições nos horários certos, manter o foco. Normalmente as pessoas costumam perguntar o que elas tem que comer para chegar em tal resultado mas elas esquecem do que elas não tem que comer para chegar lá. Elas esquecem do básico.

0 Comentários:

Top Ad 728x90