Top Ad 728x90

11 de jul de 2017

, , , , , , , ,

TRANSFORMERS | DIRETOR MICHAEL BAY AFIRMA: NÃO PRECISO DA IMPRENSA

Diretor de Transformers: O Último Cavaleiro disse que faz filmes para o público e não para críticos

O diretor Michael Bay e uma de suas protagonistas do novo Transformers, Isabela Moner/ Foto André Moreira
Pela terceira vez no Brasil e primeira em São Paulo, Michael Bay mostrou a mesma disposição ao participar da pré-estreia e coletiva de imprensa para promover em terras brasileiras o novo capítulo da Saga dos robôs que se transformam em veículos, Transformers: O Último Cavaleiro, filme que estreia dia 20 de julho em grande circuito e tem um dos principais desafios mostrar que ainda tem bala na agulha para conseguir bons números nas bilheterias e fazer frente a onda de filmes de super heróis que tem conquistado fãs nos últimos anos e que de certa forma os robôs fazem parte. 
No bate-papo, que também contou com a presença da jovem atriz iniciante Isabela Moner que faz parte do elenco do filme, Michael falou das mudanças no mercado com a presença da NetFlix, sua relação com as críticas ao seu trabalho, entre outras coisas do mercado cinematográfico frente às novas mídias.
Questionado sobre a grandiosidade de suas produções e das atuais produções destinadas ao streaming como NetFlix que produz filmes especialmente para sua plataforma passando longe das telas dos cinemas, Bay foi categórico ao dizer que grandes produções precisam ser vistas nos cinemas e isso foi um dos motivos de filmar com IMAX e 3D, onde a imagem e som precisam ser vista em toda sua capacidade. "A gente investiu muito, para oferecer uma diversão genuinamente criada para o sistema Imax, num 3D que não rende dor de cabeça. É triste ver que há crianças que usam aparatos tecnológicos pequenos para assistir ao filme. Os hackers afetam a gente com a pirataria, estragando o negócio da sétima arte. Mas, ainda há esperança para o cinema", comentou Bay
Outro ponto questionado com o diretor é sobre as frequentes críticas que recebe por suas produções, especialmente nos Estados Unidos, onde "Transformers: O Último Cavaleiro" sofreu fortes críticas. Mas Bay disse pouco se importar com opiniões de críticos e imprensa e que faz filmes para o grande público. “Eu não me importo com o que os críticos falam, eu para falar a verdade nem leio. Eu faço filmes para entreter as pessoas.Eu não preciso da imprensa”. Disse ele, categórico.
Amando ou odiando, Transformers: O Último Cavaleiro estreia no próximo dia 20 de julho para enfrentar um grande rival que já vem fazendo bonito nas bilheterias, Homem-Aranha: De Volta ao Lar. O embate entre os robôs e o aracnídeo promete balançar as bilheterias. 

0 Comentários:

Top Ad 728x90