Top Ad 728x90

4 de ago de 2017

, , , , ,

FILHOS DA PÁTRIA | JOHNNY MASSARO FALA DE SEU PERSONAGEM NA SÉRIE

Ator falou de sua experiência com comédia na série

Johnny Massaro. Fotos André Luiz Moreira
Um dos jovens atores de sua geração mais requisitados do momento no cinema, Johnny Massaro também pode ser visto em outras plataformas mostrando seu talento. O ator é um dos protagonistas, ao lado de Fernanda Torres e Alexandre Nero, de "Filhos da Pátria", nova série da Rede Globo que estreou essa semana com 12 episódios na plataforma streaming da emissora, o Globo Play. Dando vida a Geraldinho, filho dos personagens de Nero e Fernanda, um jovem sem muita perspectiva de futuro que acaba se envolvendo com a política de um Brasil que dava os primeiros passos rumo à corrupção deslavada. 
Empolgado com o lançamento da série que gravou no fim do ano passado, Massaro falou um pouco sobre seu personagem. “Ele é o Geraldinho, ele é esse filho que tem um absoluto respeito pelas necessidades básicas que é o sexo, a fome e o sono. É só isso que ele responde e ele não pensa muito sobre as coisas ele não se aprofunda, fica muito na superfície. Então ao mesmo tempo em que é divertido porque não tem muito psicologismo e isso é uma coisa que eu conversava muito com o Maurício (Farias, diretor da série) e ele falava “vai, vai, vai”. Então é uma delícia porque você pode ir no jogo completamente. E ao mesmo tempo é muito triste porque ele representa muita coisa da nossa identidade, de como a gente chegou até aqui. Ele, inclusive, termina a série em cima do Morro do Corcovado de braços abertos sob a Guanabara como primeiro Deputado eleito por uma constituinte do Brasil. É uma loucura porque ele chega até ali porque as pessoas percebem que ele é alguém que pode ser manipulado, muito fácil para se controlar”. Contou ele, que acha que Geraldinho representa bem mais do que a juventude que vemos nos dias de hoje. “Acho que mais do que a juventude de hoje. Ele representa outras juventudes, aquelas que vieram antes das de hoje e nos trouxeram até aqui. Então mais do que esse juventude de hoje, é mais essa identidade do brasileiro, que vai pelo canto, que tenta furar a fila, não respeita sinal vermelho e etc, etc”. Explicou.


A direção de Maurício Farias e o texto de Bruno Mazzeo foram importantes para a construção do personagem, que é um dos primeiros trabalhos em comédia de Massaro. “O texto foi bem importante, quando eu li fiquei bem contente com ele. Um dica que o Maurício me deu foi “decora o texto, aprende e faz porque aí você fica livre”. E foi a melhor dica que ele poderia ter me dado especialmente em se tratando de comédia porque aí você tem o domínio e pode ficar mais livre mesmo”. Disse ele, encantado em poder fazer humor em uma série que conta os primórdios da corrupção no País. “Cara, é muito gostoso fazer humor e ao mesmo tempo difícil porque a sensação que eu tive fazendo é que tem a ver com matemática, com a métrica das coisas. E as vezes você não acerta essa métrica, né? No ouvido você sente que não rolou ali. E o humor ele é muito pronto, você sente a risada ali na hora. É muito claro quando não tá muito certo. Então é um puta aprendizado”


Além de Filhos da Pátria, Johnny Massaro também pode ser visto nos cinemas. Ele é o protagonista do novo filme dirigido por Selton Mello, "O Filme da Minha Vida". E em breve ele estará em outros dois filmes,  “Partiu Paraguai”  ao lado de Bruno Lizmeyer (com quem divide a tela no filme de Selton) e “Todas as Razões pra Esquecer” de Pedro Coutinho.


0 Comentários:

Top Ad 728x90