Top Ad 728x90

30 de jul de 2008

TRAILER DE HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRINCIPE DIVULGADO NA INTERNET

by
Por André Moreira

Programado para chegar aos cinemas somente em 21 de novembro deste ano, Harry Potter e o Enigma do Príncipe teve seu trailer - sombrio, diga-se de passagem - divulgado na internet (cortesia da Warner). Nele pode-se ter idéia de que muitos dos mistérios que envolvem o passado do vilão Valdemort vão ser elucidados. Enquanto isso mais uma sequência da saga - Harry Potter e as Relíquias da Morte - já está sendo produzida a toque de caixa e terá duas partes. É esperar para ver. Veja o trailer abaixo:


29 de jul de 2008

LINHA DE PASSE DE WALTER SALLES TEM TRAILER DIVULGADO

by
Por André Moreira

Depois de arrebatar Cannes esse ano, onde a atriz Sandra Corveloni foi premiada como melhor atriz, Linha de Passe de Walter Salles e Daniela Thomas tem seu primeiro trailer divulgado pela Universal Pictures. O filme estréia no dia 05 de setembro. Veja:

MULHERES POSSÍVEIS EM NOVA TEMPORADA

by


Por André Moreira

Ingrid Guimarães retorna em nova temporada de seu "Mulheres Possíveis" neste sábado, 02. No episódio de reestréia Vera Holtz conversa com Ingrid no set de gravação de seu novo filme “Família vende tudo” e conta que a opção por não ter filho foi acertada. "“Eu acho que foi uma escolha certa. Não tenho o menor talento para a maternidade, não me apego. Minha alma é um permanente exílio". A atriz também revela no programa que tem atração por homens mais novos e que jamais levaria um namorado para Fernando de Noronha: "Namorar é em casa. Viagem de núpcias para mim é quase um palavrão”.


Também participa do programa a cirurgiã plástica e alpinista Ana Elisa Boscariol, única brasileira a alcançar o cume do Everest, que conta sobre essa experiência e desafia Ingrid a praticar uma escalada Indoor. No final do programa as três encenam um esquete onde Ana vive um guarda de alfândega, Vera é uma perua de primeira viagem, e Ingrid, uma muambeira “profissional” que tenta ajudar a personagem de Vera com um inglês sofrível.

28 de jul de 2008

TRAILER DE X-MEN - ORIGINS: WOLVERINE É APRESENTADO NA COMIC CON

by
Por André Moreira

A febre de adaptações de quadrinhos continua e o auge aconteceu esta semana na Comic Con, tradicional convenção em San Diego. Um dos mais esperados filmes da temporada 2009 teve seu trailer divulgado na convenção e vazou no You Tube: X-men- Origins: Wolverine, o spinn-off da trilogia mutante da Marvel nos cinemas. Apesar da qualidade ruim de gravação, é possível sentir o climax do filme e identificar pelo menos dois mutantes conhecidos: Gambit e Blob. A ação é desenfreada e mostra o embate entre Wolverine e Dentes-de-Sabre. Veja:


JORNALISTAS RUMO A PEQUIM

by

Por André Moreira

Essa semana segue rumo a Pequim a última leva de jornalistas da Rede Globo - ao todo serão 190 - que irão cobrir os Jogos Olímpicos. No próximo domingo a emissora dá o ponta a pé inicial das transmissões no Fantástico com matérias sobre os preparativos da cerimônia de abertura, que acontece no dia 08 de agosto e a chegada dos atletas brasileiros que participarão do maior evento esportivo do ano. Galvão Bueno, Sonia Bridi, Pedro Bassan e Marcos Uchôa serão os âncoras responsáveis pela transmissão do evento de abertura. Completam a equipe - que estará na cola da delegação brasileira trazendo últimas informações das competições - Pedro Bial, Glenda Kozlowski, Tadeu Schmidt, César Tralli, Ernesto Paglia, Mauro Naves, Renato Ribeiro, Régis Rösing, Mauro Naves, Eric Faria, Carlos Gil, Abel Neto e Bruno Laurence. A cobertura da olimpíadas estará em todos os telejornais da emissora e em flashes ao vivo durante toda a programação.

FORTES EMOÇÕES PARA OS MUTANTES

by

Por André Moreira

Fortes emoções essa semana na novela Os Mutantes. Paraplégico desde que levou um tiro na coluna, Ernesto (André Segatti) será curado pela mutante Clara (Shaila Arceni). Depois do toque de cura da menina, Ernesto volta a andar milagrosamente.




Outros personagens que também viverão momentos intensos na trama da Record serão Nati (Maytê Piragibe) e Valente (Marcos Pitombo). Apaixonados eles se beijam, mas a vampira do bem chora ao perceber que quer morder o homem que ama.





E a irmã gêmea de Maria vai atacar mais uma vez. Se passando pela irmã, Samira (Bianca) Rinaldi) beija Beto (Felipe Folgosi). Mesmo pego de surpresa, o policial acha estranho o novo visual da "amiga". As cenas vão ao ar a partir desta quinta-feira, 29.


24 de jul de 2008

RAKELLI PERDE TESTE PARA CALDEIRÃO DO HUCK

by

Por André Moreira


Por essa nem Rakelli (Isis Valverde) esperava. Depois da euforia por receber uma ligação para concorrer a uma vaga como Coleguinha do Caldeirão do Huck, Rakelli vai ao desespero mais rápido ainda. Para chegar até a Central de Produção do Rede Globo (Projac), onde é gravado o programa de Luciano Huck, a filha de Ivete (Zezé Polessa) pensa em pegar um táxi, mas seu namorado Robson (Marcelo Faria) acha muito caro e os dois entram em um ônibus. Mas o pior acontece. O ônibus segue um caminho contrário e os dois começam uma corrida contra o tempo, porém sem sucesso. A manicure se desespera ao conseguir chegar na portaria do Projac e ficar sabendo que outra menina foi selecionada no seu lugar. As cenas, que foram gravadas em externa, devem ir ao ar a partir desta sexta,25.

NOVAS FOTOS E TRAILER LEGENDADO DE A MÚMIA - TUMBA DO IMPERADOR DRAGÃO

by


Por André Moreira

Com estréia prevista para o próximo dia 01 de agosto, A Múmia - Tumba do Imperador Dragão, a terceira aventura de Brendan Fraiser contra seres mitológicos, a Universal Pictures resolveu intensificar a divulgação do filme, liberando novas fotos e trailer legendado.







Condenado pela amargurada feiticeira Zi Yuan a passar a eternidade imóvel, o impiedoso Imperador Dragão da China e seus 10 mil guerreiros ficaram esquecidos por Eras, sepultados em argila como um vasto e silencioso exército de terracota. Mas, ao desenterrar o soberano, o jovem aventureiro e arqueólogo Alex O’Connell precisa buscar a ajuda das únicas pessoas que sabem mais do que ele sobre derrotar mortos-vivos: seus pais. O elenco conta ainda com Jet Li (Cão de Aluguel) e Maria Bello (Encurralados e As Torres Gêmeas).

EU GOSTARIA DE TER ACREDITADO ...

by
Com Arquivo X – Eu Quero Acreditar , Chris Carter realiza um “especial de TV” e tropeça em sua concepção.


Por Octavio Caruso

Como série para TV, Arquivo X tem suas qualidades inegáveis. Revitalizou um gênero e criou fãs cativos até os dias de hoje. Com seus roteiros sempre originais e ousados , utilizando o sobrenatural e toques de terror , sempre calcados no relacionamento de seus personagens.
Ao longo de nove temporadas (mantendo o nível de qualidade , algo raro...) os agentes Fox Mulder e Dana Scully encararam casos que envolviam, na maioria das vezes , fenômenos paranormais , sobrenaturais e inexplicáveis.
O contraste entre o homem que não acredita em nada , um ateu que acredita que a verdade está lá fora (David Duchovny) e a mulher que pensa com o coração e tem crenças humanas (Gillian Anderson) sempre foi a força motriz por trás de todo o equilíbrio da série.
Com este filme , o diretor Chris Carter reforça este confronto , porém sem muito entusiasmo. Sendo seu primeiro filme para cinema , Chris realiza um “especial para TV” de quase duas horas, de ritmo arrastado e poucas pretensões.
Para os fãs que esperam encontrar os questionamentos místicos, clima sombrio e o terror dos melhores episódios da série... devo lhes dizer que não encontrarão nada disso! A trama simples fala de assuntos contemporâneos (incluindo uma seqüência hilária e panfletária contra George Bush) como o uso das células-tronco na medicina e a relação da igreja com o tema. Nada muito aprofundado e muito pouco ousado.



Na história, um vidente (interpretado por Billy Connolly) de passado misterioso ajuda uma equipe do FBI a solucionar uma série de crimes bizarros. Sem razão aparente são encontrados partes do corpo de mulheres da região enterrados na neve. Dana Scully , agora uma médica em tempo integral, é chamada para ajudar a resolver o caso. Ela sabe que somente com a ajuda de seu ex-companheiro Fox Mulder ela terá alguma chance de solucionar o mistério.
Teriam estas mulheres sido abduzidas ou seria algo mais grotesco ?
Paralelamente o filme aborda os malefícios da evolução médica utilizada em mãos erradas. O filme responde estas questões de maneira minimalista e tradicional.
Um personagem amado pelos fãs faz um retorno tímido e outros não dão as caras. Dois personagens são introduzidos ao público: Os agentes Dakota Whitney ( Amanda Peet em atuação apagada) e Mosley Drummy (o rapper Alvin “Xzibit” Joiner , que ganhou o papel graças a uma música sua que fazia referência a série).
Quanto a atuação , o ponto forte é Billy Connolly, que trás profundidade ao vidente que tem muito a esconder.
O par central não demonstra muito amor aos personagens. Gillian Anderson ainda consegue imprimir certa emoção em seus olhos enquanto Duchovny continua um ator muito sem brilho. Seu Fox Mulder apático não coopera em nada apoiado por um roteiro (escrito por Frank Spotnitz, que na série não fazia feio) que prima por risos involuntários e idéias mal elaboradas. De paranormal, só o conceito interessante desperdiçado.



Um filme feito exclusivamente para os fãs, que terão um sonho realizado, porém com pouco “tempero” e direção preguiçosa. “Eu queria acreditar”... mas ainda não foi desta vez!

NOTA : 4 / 10

22 de jul de 2008

ECLETISMO NO RECÉM INAUGURADO BAR MOFO

by
Por André Moreira

Mais uma opção de diversão na Lapa, o Bar Mofo, inaugurado na semana passada, continua com sua programação diversificada esta semana.



O evento Boemia Carioca aterriza na nova casa da Lapa trazendo nesta quinta-feira, 24, a cantora Elisa Addor e o grupo Cana de Litro mostrando o repertório de Cartola, Paulinho da Viola, entre outros sambistas.


Na sexta, 25, é a vez de Wilson da Neves e o Dj Cyro. Baterista conceituado no meio artístico, Wilson mostra no Mofo o repertório de seu mais recente cd "Brasão de Orfeu". Depois a pista fica a cargo do Dj Cyro com uma seleção de músicas da MPB, sons regionais do mangue beat e do samba de raiz.


E no sábado, 26, Moyseis Marques mostra um painel do samba de todas as épocas, de Paulo César Pinheiro, Dona Ivone Lara passando por Gordurinha e Geraldo Jacques.

Serviço:
Bar Mofo
Av. Mem de Sá, 94 – Lapa
Tel: 2221-9851.

DIRETOR BRENO SILVEIRA E O ATOR THIAGO MARTINS CONVERSAM COM MARÍLIA GABRIELA

by

Por André Moreira


De um lado o Diretor Breno Silveira, que tem em seu curriculum o sucesso Dois Filhos de Francisco e do outro Thiago Martins, que atuou em Belíssima e Eterna Magia, além de ter integrado o grupo de teatro Nós do Morro. Diretor e protagonista de Era Uma Vez, longa que estréia neste fim de semana e conta a história de amor entre um morador de favela e uma menina de classe média alta, vão conversar neste domingo, 27, com Marília Gabriela e contar como foi filmar no morro, as dificuldades durante as filmagens e os projetos futuros.

Era Uma Vez marca o retorno de Breno Silveira as telas depois de Dois Filhos de Francisco, recorde de bilheteria e sua estréia na direção de um longa. “Às vezes, as histórias mais delicadas e simples são as que atingem mais a alma e, talvez, um público maior”, contou o diretor, que relutou em escolher Thiago Martins como protagonista de sua história. “Fui recusado seis vezes pelo Breno. Daí, cheguei pra ele e disse: Esse personagem é meu! Eu tenho que fazer essa história!” revela Thiago que está se preparando para filmar mais um filme, dessa vez com a diretora Tizuca Yamazaki no ano que vem. Marilia Gabriela Entrevista vai ao ar às 22h.

ACERTO DE CONTAS ENTRE DONATELA E SILVEIRINHA

by

Por André Moreira

Donatela (Claudia Raia) vai abrir os olhos finalmente e descobrir que Silveirinha (Ary Fontoura) não é a boa pessoa que ela imaginava. Desconfiado do fiel mordomo da namorada, Zé Bob (Carmo Della Vecchia) descobre o número de telefone de Flora (Patricia Pillar) no celular de Silveirinha e alerta Donatela. É a deixa para os dois armarem um flagrante no empregado da socialite. Os dois enviam flores para o apartamento do mordomo, que ao abrir a porta dá de cara com a patroa. Donatela não acredita nas explicações do ex-empresário e investiga o apartamento, achando as roupas da inimiga no armario. Sem ter como sair da saia justa o mordomo mostra todo seu rancor contra a patroa, despejando todo seu ódio para cima dela. No auge da discussão o ex-fiel amigo cospe na cara de Donatela. Essa semana em "A Favorita".

POR TODA A MINHA VIDA COM CHACRINHA

by






Por André Moreira


Irreverente e insubstituível na tv brasileira, Chacrinha será tema da edição desta quinta-feira no Por Toda Minha Vida. Apresentado por Fernanda Lima o programa vai mostrar sua infância em Surubim, Pernambuco, a chegada no Rio de Janeiro, o encontro com o sucesso com o Cassino do Chacrinha até sua morte aos 70 anos. O programa vai detalhar toda vida do velho guerreiro através de dramatizações com atores e entrevistas com personalidades como Elba Ramalho, Elke Maravilha, Chico Anysio, Lulu Santos, Agildo Ribeiro e Angélica. "Para nossa geração, não só foi o grande desembocadouro para a via pública como nos ensinou muito sobre o processo da vida artística, de ser artista”, conta Lulu Santos, que se apresentou diversas vezes no Cassino no início de sua carreira. Por Toda Minha Vida vai ao ar após Casos e Acasos.

21 de jul de 2008

BATMAN QUEBRA RECORDE DE HOMEM-ARANHA 3

by

Por André Moreira


A mega estréia do Cavaleiro das Trevas da DC Comics no cinemas começou quebrando seu primeiro recorde nos Estados Unidos. A nova e elogiadíssima aventura de Batman nas telas abocanhou o recorde de estréia em um primeiro dia que antes pertencia a Homem-Aranha 3 (59,84 milhões) da concorrente Marvel. O morcego passou a frente da aranha com a impressionante marca de 66 milhões em um único dia nos EUA. Vale lembrar que a investida somou ao todo mais de 154 milhões no primeiro fim de semana, onde o filme de Christopher Nolan ocupou 4,3 mil salas na terra do Tio Sam. Especialistas esperam que com o boca-a-boca, Batman - O Cavaleiro das Trevas, conquiste mais recordes.

20 de jul de 2008

MANIAS, CASAMENTOS, RUGAS, CORRUPÇÃO E ANO SABÁTICO NO HAPPY HOUR DESTA SEMANA

by

Por André Moreira

O Happy Hour desta semana debaterá, como sempre, assuntos polêmicos e diferentes entre si. Nesta segunda, 21, o tema será casamento pós-filho onde os convidados serão a terapeuta de família Ana Maria Fonseca Zampieri e a cantora Katia B. No dia seguinte Lorena Calábria e Fred Lessa recebem no estúdio a dermatologista Daniela Nunes, a cantora Barbara Mendes e a jogadora de vôlei Leila Barros para conversar sobre um tema que é o terror de muita gente, rugas.
A corrupção entra na pauta do programa na quarta-feira, 23 e quem participa da mesa redonda como convidado é Fabiano Angélico, diretor da Transparência Brasil. Juntos eles vão questionar “onde começa a corrupção?”.
Para quem é cheio de manias deve se identificar com o programa de quinta, 24. O escritor Luiz André Alzer e o ator Fernando Caruso vão discutir com Lorena e Fred o tema Mania de Listas. E para fechar a semana os apresentadores conversam com o empresário Luis Felipe Amaral e a jornalista Mariana Campos sobre o tema Ano Sabático.

CARA DE UMA....

by
Por André Moreira

Curioso que Record e Globo tenham tanto em comum. Fala-se que a primeira esteja clonando a segunda para conquistar o ibope. Se isso é verdade ou não, pelo menos as protagonistas de Chamas da Vida (Record) e A Favorita (Globo) mostram muita "semelhança" entre elas. O que você acha?


17 de jul de 2008

ESPECIAL BATMAN - O CAVALEIRO DAS TREVAS: OS EQUÍVOCOS DE TIM BURTON E JOEL SCHUMACHER

by
Por André Moreira

Bem antes de se falar na versão do Batman de Christopher Nolan, o Cavaleiro das Trevas teve versões bem diferentes da que temos hoje. Relembre a visão de Tim Burton e Joel Schumacher para o defensor de Gotham City.

Batman (1989) - Direção de Tim Burton:

Quando se falou de Tim Burton para dirigir o primeiro filme de Batman no cinema, os fãs ficaram de orelhas em pé. Não era para menos, afinal até então o diretor tinha em seu curriculum filmes bizarros como Os Fantasmas se Divertem. A preocupação aumentou ao ser anunciado que o tampinha Michael Keaton vestiria a capa do homem-morcego. O ator havia trabalhado com Burton em os fantasmas... e nada tinha a ver com o perfil físico de Bruce Wayne. Apesar do tom sombrio do longa, marca registrada de Burton em todos os seus filmes, o roteiro não ajudou. O único ponto positivo sem dúvida ficou pela escalação de Jack Nicholson para viver o Coringa. Mesmo equivocado, o filme foi bem nas bilheterias e apontou para o filão dos filmes baseados em quadrinhos que vemos hoje.
Batman Returns (1992) - Direção de Tim Burton:



Nessa sequência Tim Burton aumentou o teor sombrio do filme mas esbarrou em um roteiro sonolento demais. Juntando suas duas versões para o Batman é possível imaginar que talvez Chirstopher Nolan tenha, de certa forma, bebido nessa fonte, dada as devidas proporções. Nolan acertou onde Burton errou.

Tim tentou imprimir nas duas versões um tom mais realista (o que Nolan conseguiu exemplarmente em Batman Begins e Dark Nigth), porém esbarrou na excentricidade ao criar o perfil dos personagens. Vide sua versão do vilão Pinguim (Danny De Vito). Apesar desse exagero, o filme marcou a carreira da atriz Michelle Pffeifer, que se destacou dando vida a sexy Mulher-Gato.

Batman Eternamente (Batman Forever) (1995) - Direção de Joel Schumacher:

Joel Schumacher substituiu Tim Burton na terceira aventura do homem-morcego. Se os fãs haviam torcido o nariz para o que Tim Burton havia criado para o Batman nos filmes anteriores, dessa vez eles viraram o pescoço todo. Schumacher conseguiu reviver o cenário camp da então finada telessérie do morcego, por muitos culpada pela má fama do herói da DC mundo afora. O diretor de Garotos Perdidos (Lost Boys- 1987) criou um ambiente multicolorido como a série, vilões caricatos idem e inseriu Robin, o menino-prodígio (Chris O´Donnell) no universo do cavaleiro das trevas. Não é preciso dizer mais nada. Sendo outro sucesso comercial, mais um vez um vilão roubou a cena, desta vez o Charada de Jim Carrey. E Tommy Lee Jones (Duas-Caras) não precisava desse filme em seu curriculum.
Batman e Robin (1997) - Direção de Joel Schumacher:


Dessa vez foi uma pá-de-cal no homem-morcego. Não satisfeito com o filme anterior, Schumacher aumentou o cenário carnavalesco do longa e vilões idem. Arnold Schwarzenegger mostrou sua veia "cigano Igor" para o filme em uma atuação para lá de sofrível. O mesmo vale para George Clooney. Pelo menos o galã melhorou com o tempo, já que levou o Globo de Ouro e o Oscar de melhor ator coadjuvante por Syriana anos depois.

15 de jul de 2008

ESPECIAL BATMAN - O CAVALEIRO DAS TREVAS

by
CAMPANHA VIRAL CONTINUA

Por André Moreira


Com o filme prestes a chegar as telas nesta sexta, 18, a campanha viral se intensifica. Veja mais uma edição do noticiário fictício do programa Gotham Tonight. O entrevistado desta vez é o promotor Harvey Dent, vulgo Duas-Caras.



14 de jul de 2008

UM MERGULHO NAS TREVAS DE GOTHAM

by
Com muita ousadia, Christopher Nolan leva para as telas Batman- O Cavaleiro das Trevas, a melhor aventura do homem-morcego





Por Octavio Caruso

Não apenas uma adaptação de um personagem dos quadrinhos, mas um épico de ação com estilo próprio. Realmente o diretor Christopher Nolan definiu e redefiniu Batman de vez para o cinema. Seu Batman – O Cavaleiro das Trevas prende a atenção do espectador do início ao fim, com ação e diálogos na medida certa.




O ritmo é ditado pelos atos do cruel e inconseqüente Coringa de Heath Ledger, porém ele é apenas um “MacGuffin” (expressão criada por Hitchcock, designa uma peça que motiva os personagens e o desenrolar da história, mas que não é seu ponto principal) na trama. O foco do roteiro assinado por Nolan e seu irmão Jonathan está na relação entre o símbolo Batman , o que ele representa para a população e a ascenção do promotor público Harvey Dent de Aaron Eckhart, um homem que é considerado um herói sem capa e máscara.
A certo ponto o filme questiona o real valor do altruísmo, sem que para isso o tom se torne bobo ou forçado. A mensagem é passada da maneira mais profunda, sempre respeitando (por vezes até superestimando) a inteligência do espectador.



Quanto às atuações, ao longo de O Cavaleiro das Trevas temos a chance de assistir equilibradas performances de todo o elenco.
Christian Bale não se apaga perante os seus colegas (como foi o caso com Michael Keaton no filme de 1989) e entrega um Bruce Wayne correto, que fala muito mais com o olhar. Já como Batman, graças aos melhores ângulos de câmera, suas lutas agora são mais visíveis que em Batman Begins.
A parte mais triste é sabermos que Heath Ledger não terá a chance de receber os louros por sua performance magistral. Ele destila durante todo o filme uma insanidade tão próxima do maligno, que deixaria o personagem Jack Torrance (Jack Nicholson de O Iluminado) com medo.



O elenco de apoio constrói um alicerce sólido, com destaque para a sobriedade genial de Michael Caine como Alfred e Gary Oldman, um ator tão bom que consegue “diminuir sua luz” para que os que contracenam com ele possam brilhar. Seu Jim Gordon é um homem da lei tão comprometido com a verdade, que nos dias de hoje torna-se tão crível quanto um homem vestido de morcego.
Levando-se em consideração que o subgênero “Adaptações dos quadrinhos” tornou-se um filão lucrável para os produtores da sétima-arte, o público tem recebido uma superexposição de heróis nos últimos anos.


Diretores de qualidade comprovada se juntaram a outros menos expressivos. Bryan Singer e Sam Raimi revitalizaram os X-Men e o Homem-Aranha respectivamente. Ambos os filmes foram sucessos de público e crítica, mas é inegável que os roteiros de ambos foram construídos para saciar uma audiência jovem e sem muita cultura cinematográfica. Os mais criteriosos preferiram as continuações da equipe dos mutantes e do herói aracnídeo. É para este público que Nolan criou sua visão pessoal do mito Batman.




Em Batman Begins , a equipe criativa fez o que Bryan Singer não conseguiu com seu Superman Returns, atualizar um mito universal com maturidade e respeito na medida certa. Nolan teve as mesmas intenções de Ang Lee em seu Hulk , mas não se rendeu às pressões do estúdio. Enquanto o Hulk de Lee teve vida curta e já foi re-atualizado (para pior, devo salientar), a idéia de Christopher Nolan chega a seu ápice criativo nesta segunda incursão.
O caso mais recente de um bom filme adaptado dos quadrinhos é o Homem de Ferro de Jon Favreau. Honesto aos ideais dos quadrinhos e correto em sua intenção, o herói da Marvel “abriu uma porta” para o futuro das adaptações cinematográficas.


Enquanto Robert Downey Jr. abria a porta, o Batman/Bruce Wayne de Christian Bale “arrebenta a parede” e segue caminho rumo a algumas possíveis e merecidas indicações aos grandes prêmios da academia. Heath Ledger como ator coadjuvante é quase uma “obrigação cívil”. Arrisco até uma indicação para a direção de Christopher Nolan, que já vem merecendo desde Amnésia (Memento).


O Cavaleiro das Trevas é o filme que os fãs do homem-morcego criaram em seus sonhos, uma visão adulta e consciente sobre a importância de se crer em algo, a dualidade de nossas decisões e aceitarmos as responsabilidades pelas mesmas.
De forma geral o filme surpreende até o mais descrente dos cinéfilos. É entretenimento de alto nível que faz pensar entre uma pipoca e outra.
Os méritos são todos de Christopher Nolan, que mostra ser possível aliar ação com questionamentos profundos da alma humana. Imagine um filme de Bergman ou Antonioni, insira uma meia dúzia de cenas de ação bem orquestradas e terá uma idéia da mensagem que Nolan quis nos passar com Batman - O Cavaleiro das Trevas.
NOTA : 10 \ 10

13 de jul de 2008

ESPECIAL BATMAN - O CAVALHEIRO DAS TREVAS

by
Por André Moreira
Na próxima sexta-feira, 18, estréia mundialmente a segunda parte da releitura de Batman criada por Christopher Nolan, Batman - O Cavaleiro das Trevas. Apoiado por um elenco de peso, dentre eles Christian Bale, Morgan Freeman, Michael Cane e o inesquecível e saudoso Heath Ledger (ele rouba a cena no filme como o Coringa), o filme mostra em duas horas como se faz cinema baseado em quadrinhos. Enquanto o filme não estréia leia um perfil dos principais atores do longa para esquentar as turbinas.

Christian Bale:
Ele é o responsável por trazer dignidade e respeito ao Cavaleiro das Trevas. O ator Galês iniciou sua carreira no filme Mio na Terra da Magia e não parou mais. Se hoje ele é mais conhecido do grande público por envergar a capa da Batman, antes do filme de Christopher Nolan, Bale fez os mais diversos e importantes filmes como Império do Sol de Steven Spielberg, o musical inspirado no Glam Rock Velvet Goldmine de Todd Haynes, a elogiada atuação em Psicopata Americano e o recente e elogiado Não Estou lá inspirado na vida do cantor Bob Dylan onde dividiu o mesmo personagem com outros atores, dentre eles, Heath Ledger (que faz o Coringa em Batman), Richard Gere e Cate Blanchet.
Aaron Eckhart:

Sem dúvida deve ter mais visibilidade após o Cavaleiro das Trevas. Aaron dá vida ao Promotor Harvey Dent, mais conhecido nos quadrinhos como Duas-Caras. Ele serve de contraponto ao personagem de Christian Bale como arquétipo de herói para a sociedade. Antes do filme de Nolan, Aaron fez de tudo um pouco, mas os filmes de maior expressão foram Erin Brockovich, uma mulher de talento com Julia Roberts e Obrigado Por Fumar onde recebeu uma indicação ao Globo de Ouro.

Maggie Gyllenhaal:


Maggie substitui a atriz Katie Holmes na nova aventura de Batman como Rachel Dawes. A atriz trás mais expressividade a personagem e é o interesse romântico do herói e de Harvey Dent. Mais conhecida como a irmã de jake Gyllenhaal (o cowboy de Brokeback Montain) Maggie esteve presente nos filmes A Secretária e o Segredo de Monalisa, além de As Torres Gêmeas de Oliver Stone.








Morgan Freeman:
Morgan Freeman retorna ao papel de Lucius Fox em Batman. Respeitado no meio artístico Morgan contabiliza no curriculum mais de 40 filmes e um prêmio de melhor ator coadjuvante por Menina de Ouro. Dentre seus principais filmes destacam-se Um Sonho de Liberdade, Seven, O Todo Poderoso e Amistad.
Michael Cane:


O ator britânico é responsável por dar ironia e humor na medida certa ao mordomo Alfred, fiel escudeiro do Cavaleiro das Trevas. Micheal Cane tem uma carreira brilhante e extensa onde participou de filmes de peso. Hannah e Suas Irmãs, O Último Adeus, Regras da Vida e O Americano Tranqüilo são alguns deles. Caine foi nominado para cinco oscares, tendo ganhado dois. Ele, Jack Nicholson e Paul Newman são os únicos atores a terem sido nominados a um Oscar de atuação em cada uma das últimas cinco décadas



Gary Oldman:
O ator volta ao papel de Jim Gordon. Com o público acostumado a vê-lo no papel de vilão, dessa vez ele surpreende com a força e ao mesmo tempo a simplicidade de um policial ligado a família e a seus princípios. Gary tem intimidade com morcegos, pois viveu em 1992 a elogiada versão de Drácula de Bram Stocker dirigida por Francis Ford Copolla. Esteve também nos filmes A Firma, Perdidos no Espaço, JFK - A pergunta Que Não Quer Calar e três episódios de Harry Potter.


Heath Ledger:


Vai ser difícil alguém criar um Coringa tão perfeito depois de Heath Ledger. Um dos melhores atores da sua geração, o australiano, que faleceu este ano por overdose acidental, faz um coringa perfeito, superando a versão de Jack Nicholson de 1989. Seu Coringa contém a loucura e o humor na medida certa. Fica difícil não sentir medo ao ver o ator em cena em Batman - Cavaleiro das Trevas. Heathe Ledger foi sem dúvida uma perda irreparável para o cinema americano, pois estava em seu auge e ainda daria ótimos frutos se não tivesse sua carreira abreviada.
Indicado ao Oscar de melhor ator por O Segredo de Broeckback Montain, Heath também participou de Não Estou Lá, Casanova e O Patriota.

10 de jul de 2008

CAUÃ REYMOND EM CAPA E RECHEIO

by

Por André Moreira


Depois de personificar a roqueira Courtney Love para uma exposição de fotos, Cauã Reymond deu um tempo nas gravações de A Favorita, onde vive o bon vivant Halley, para posar para as lentes do fotógrafo Christian Gaul. O galã será capa e recheio da edição de agosto da Revista Dom, voltada para o público GLS. O ensaio teve o Hotel Glória, no Rio de Janeiro, como cenário.

CARLA REGINA GRAVA COMO A RAINHA FORMIGA

by



Por André Moreira

A novela Os Mutantes continua sua profusão de personagens fantásticos. Quem entra em cena agora é a Rainha Formiga vivida por Carla Regina. Na trama ela é líder dos homens-formiga e vai se apaixonar por Noé, personagem de Fernando Pavão. Confira o visual da atriz:






8 de jul de 2008

CLODOVIL LAVA A ROUPA SUJA

by

Por André Moreira


O sempre polêmico Clodovil vai estar neste sábado, 12, no Melhor do Brasil com Rodrigo Faro. Clodovil participa do quadro Lavando a Roupa Suja e fala sobre sua carreira e críticas que saíram sobre ele na imprensa. E no quadro Os Profissionais, a apresentadora Maria Cândida e a atriz Anna Markun tentam descobrir a profissão das pessoas que estão no palco através de um jogo de perguntas e respostas.

Top Ad 728x90