Top Ad 728x90

1 de jul de 2008

BEM PERTO DO FOGO

EM SUA TERCEIRA NOVELA NA RECORD, LEONARDO BRÍCIO FALA DE SEU PERSONAGEM EM CHAMAS DA VIDA, O BOMBEIRO PEDRO GALVÃO.





Por André Moreira

Tendo o bairro da Urca como cenário, a Record lançou ontem sua mais nova novela, Chamas da Vida, que estreía nesta terça-feira, 8 de julho. Elenco e direção receberam a imprensa e convidados na Fortaleza de São João e mostraram desde o início a empolgação com o novo trabalho.


Leonardo Brício, que interpreta o protagonista da trama, o bombeiro Pedro Galvão e interesse amoroso da produtora Carolina (personagem de Juliana Silveira), era um dos mais animados e falou um pouco da preparação para seu personagem. "A gente (ele e os atores Milhen Cortaz, Roger Gobeth e Gabriel Gracindo) teve uma assessoria do quartel central de bombeiros do Rio de Janeiro durante duas semanas. Primeiro ouvimos palestras, tendo noções de primeiros socorros, depois aprendemos a fazer rapel, aproximação com o fogo, inclusive chegamos a nos ambientar com a rotina do quartel, desde dormir, acordar e até o asteamento da bandeira". Lembra. Quanto a acompanhar uma operação de verdade de perto, o ator lembra de uma passagem engraçada. "Como não tínhamos autorização para acompanhar uma operação de perto, eles armaram um trote pra gente de madrugada e por volta de umas 4 da manhã bradou o alarme, como eles chamam, e nós botamos a roupa como se fossemos mesmo para uma operação. Mas para nossa surpresa só demos uma volta grande no quarteirão e depois é que fomos saber que era uma armação". diz o ator que gostou do trote. "Foi bom porque era para gente sentir como era a adrenalina". conta.
O ator não se considera um medroso e disse que não sentiu medo do fogo durante o treinamento e nas gravações, porém quando o assunto é altura... "Não tenho medo nenhum de fogo, mas o mais problemático era quando tínhamos que fazer cena nas alturas, com rapel. Assusta, mesmo com toda segurança". diz ele, que tem dispensado o dublê para a maioria das cenas.
Acostumado a praticar esporte desde cedo, Leonardo não se preocupou em fazer uma preparação extra para as cenas de ação. "Na minha vida toda sempre pratiquei esporte, fui quase um atleta. Jogava tênis, depois voley, natação. Hoje não sou um atleta, mas sempre tive uma educação na infância muito voltada para o esporte. Acho que a preparação para o esporte é muito mais duradoura do que a preparação em academias". Completa.
sobre o personagem ele destaca o caráter. "Acho que a coisa mais importante do meu personagem é o caráter dele. Com a morte do pai ele cresceu como uma espécie de irmão-pai, ele é muito preocupado com os irmãos, ama os irmãos de uma maneira incondicional, faz tudo por eles. Então a principal característica do Pedro para mim é a preocupação com a família, com a educação dos irmãos, que perderam o pai muito cedo em um incêncio. Ele é um cara muito correto, muito família mesmo". Diz ele, que vai acumular as gravações da novela com as aulas no tablado, onde é professor.

0 Comentários:

Top Ad 728x90