Top Ad 728x90

11 de ago de 2008

A MATERIAL GIRL FAZ 50 ANOS

Por André Moreira

Por incrível que pareça a Rainha da música pop mundial faz 50 anos no próximo dia 16 de agosto. Madonna Louise Ciccone ou simplesmente Madonna mostra que idade não é documento e segue firme como a única mulher da música mundial a ficar no topo durante tanto tempo.
Uma das poucas artistas que surgiram no início dos anos 80 que ainda está na ativa, Madonna segue com uma carreira inabalável e ainda promissora que começou nas ruas de Nova York onde fora tentar a sorte no fim dos anos 70.
Com o declínio da disco music e a pouca força do punk rock no início da década de 80 o cenário musical começava a dar novos passos. Passos esse dado por Michael Jackson, que começava seu reinado com o até hoje cultuado disco Thriller. Foram esses passos que Madonna seguiu com seu estilo provocante e ousado, somado a um grande senso de marketing. Depois de Madonna a musica pop nunca mais foi a mesma. Desde seu primeiro disco intitulado simplesmente Madonna até o atual e elogiado Hard Candy, a material girl tem estado no topo das paradas de sucesso em uma carreira de poucos altos e baixos.
Talvez a melhor Hit Maker das últimas décadas, a diva pop produziu vários e inesquecíveis sucessos. Se arrastou e fez caras e bocas no clipe de Like a Virgin, se disse materialista em Material Girl, dançou entre cruzes e santos negros em Like a Prayer, desfilou estilo em Vogue, mostrou que garotas tem poder em Express Yourself, ficou sem limites em Justify My Love e Erotica, trocou provocações com Britney Spears em Me Agaist The Music, voltou a era Disco em Hung Up e agora tem 4 minutos para salvar o mundo. Foram várias versões da mesma artista. Madonna foi a artista que mais aprendeu as lições de metamorfose de David Bowie. Quando se esperava que enfim chegasse seu declínio, ela se transformava e mostrava que ainda tinha muita bala na agulha.
Sempre antenada e mantendo-se atualizada com todas as novidades e possibilidades que o mercado fonográfico pode proporcionar, apesar das crises frequentes, a popstar apostou em parcerias que não só lhe tragam novos fãs como também mantenham os que a acompanham desde o início da carreira. Uma das provas da renovação de Madonna é o fato de se aliar a produtores que estão na crista da onda, como Pharrel - que inclusive divide os vocais com a cantora na música give it 2 me - e chamar para um duelo dançante o queridinho do momento - e por que não dizer discípulo - Justin Timberlake na faixa 4 minutes.
Uma prova da visão empresarial da cantora é seu rompimento com a Warner Music e a sociedade com a empresa de eventos Live Nation. Corre o boato de que a negociação renderá a cantora 120 milhões de dólares em um contrato de 10 anos. A empresa cuidará das futuras turnês de Madonna além do gerenciamento dos produtos ligados ao seu nome, como Cd´s, sites, merchandising, etc. Falando em turnês especula-se que o show que comemora seus 50 anos passe por terras brasileiras no fim deste ano.
Intitulada Stick and Sweet , a turnê fará um apanhado de toda sua carreira e terá figurinos assinados por Ricardo Tisci, estilista da grife Givenchy (veja desenhos de parte do figurino ao lado). 25 anos de uma carreira em que Madonna nos fez um convite para dançar. Dance and sing get up and do your thing.



















Nos seus 25 anos de carreira Madonna sempre foi um camaleoa. Veja abaixo uma pequena prova disso:











1 Comentários:

Top Ad 728x90