Top Ad 728x90

31 de mar de 2009

UMA NOVA FORÇA TAREFA

by
Por André Moreira

Talvez seja os efeitos de A Lei e o Crime da concorrente Record ou não, mas o fato é que a Rede Globo vai investir no mesmo público conquistado pela emissora do bispo Macedo, público que afeito a tiros, torturas e violência. A emissora carioca coloca no ar no dia 16 de abril sua Força Tarefa liderada por Murilo Benício e Milton Gonçalves, série investigativa que promete trazer ação e suspense para o horário tardio das 23h.
Força Tarefa vai contar a história de uma equipe de policiais que investiga a corrupção dentro da própria corporação. Murilio Benício, recém saído de A Favorita, vive o Tenente Wilson, policial cheio de princípios. Ainda estão no elenco Hermila Guedes (do elogiado filme O Céu de Sueli), Juliano Cazarré, Henrique Neves, Osvaldo Baraúna, Rodrigo Einsfeld e Rogério Trindade.
Segundo o diretor da série, José Alvarenga (Os Normais), a produção se preocupou em manter o tom de realidade: "Tivemos o cuidado de ser realistas, embora seja uma série de entretenimento com ficção. Acho que, por ter essa autenticidade, ‘Força-Tarefa’ pode dialogar facilmente com todo o público" explica ele que acha importante se falar desse universo. "Acho que era urgente que a TV Globo falasse desse universo em um Brasil que virou um país de filme policial e vamos trazer essa reflexão para o telespectador: como ser incorruptível em uma realidade onde as negociações ocorrem a céu aberto?; como reage uma classe que corre o risco de levar um tiro de armas que seus próprios colegas venderam aos traficantes?; a repressão ainda é fundamental para que uma sociedade exista?". Analisa.
Vale recordar que a Globo já tem tradição em transitar com sucesso nessa seara policial, vide suas antigas séries, Plantão de Policia, Bandidos da Falange e a Justiceira, só para citar alguns.
Força Tarefa vai ao ar as quintas após a Grande Família.

A LEI E O CRIME TEM SEGUNDA TEMPORADA GARANTIDA

by
Por André Moreira

A voz do povo é a voz de Deus. Graças a boa audiência conquistada em sua primeira temporada, A Lei e o Crime garantiu para o ano que vem sua segunda temporada. Marcílio Moraes estará a frente da continuação da série que tem incomodado as concorrentes, tal qual sua outra obra, a novela Vidas Opostas, exibida também pela Record no ano retrasado. Estão previstos 23 episódios nessa segunda temporada que deve estrear em março de 2010.

SEQUÊNCIA DE STAR TREK A CAMINHO

by
Por André Moreira

Antes mesmo de estrear nos cinemas, a sequência do novo Jornada nas Estrelas (Star Trek) começa a tomar forma. Segundo a Variety, J.J. Abrams irá produzir a segunda parte do longa e os roteiristas Roberto Orici, Alex Kurtzman and Damon Lindelof (Parceiro de Abrams em Lost) estão incubidos de escrever a história que dará continuidade ao reboot de Star Trek. Segundo Kurtzman, a idéia é aguardar a receptividade de Star Trek junto ao público e a partir daí discutir que rumo tomar. Em contrapartida J.J. Abrams ainda não decidiu se irá dirigir esta continuação. Enquanto isso Star Trek - a primeira parte - estréia por aqui no dia 08 de maio deste ano e sua continuação a principio programada para o verão americano de 2011.

BRITNEY E MADONNA: JUNTAS E MISTURADAS

by

Por André Moreira

Parece que realmente a carreira da princesinha do pop, Britney Spears, vai estar sempre associada a da rainha do pop Madonna e a própria Britney faz questão disso. Desta vez os motivos de comparação surgiram através de pinturas no melhor estilo Andy Wahol, saudoso papa da pop art. O autor das obras é o artista plástico californiano Mr. Brainwash e estão publicadas no site da cantora, britneyspears.com. Como você pode conferir, uma das telas reproduz o famoso beijo entre as cantoras em uma edição do VMA, premiação da MTV.


MARIA FERNANDA CANDIDO EM NOVA CAMPANHA

by
Por André Moreira

Afastada das telas desde a minissérie Capitu e cinco meses após ter dado à luz seu segundo filho, Nicolas, Maria Fernanda Candido mostra mais uma vez que sua beleza continua intocável. Pela segunda como garota propaganda de um famoso óleo de amêndoas, a atriz filmou em São Paulo, esta semana, mais uma campanha de divulgação do produto. Mesmo depois de duas gestações, Maria Fernanda parece que continua com "tudo em cima" e mostra isso usando um confortável babydoll durante o comercial.

30 de mar de 2009

SHERLOCK HOLMES GANHA PRIMEIRO PÔSTER

by

Por André Moreira


Enfim o novo filme do diretor Guy Ritchie (Rockrolla), Sherlock Holmes, teve seu primeiro pôster (confira logo acima) divulgado na Showest 2009, convenção em Las Vegas para distribuidores divulgarem seus filmes e diretores venderem seu, digamos, "peixe". Sherlock Holmes tem estréia prevista para novembro deste ano e Robert Downey Jr. (Iron Man) vive o famoso detetive. Jude Law (Alfie) será seu fiel escudeiro, Watson.

DIRETOR SAM RAIMI MAIS PRÓXIMO DO AMIGO DA VIZINHANÇA

by

Por André Moreira

Depois do fiasco de Homem-Aranha 3 junto ao público e crítica, eis que em entrevista ao site Empire, o diretor dos três filmes do herói, Sam Raimi fala de um possível retorno ao universo do aracnídeo nas telas de cinema. Segundo o diretor ele ainda estaria interessado em colaborar nessa continuação: "Eu quero ajudar na produção", disse ele. "Não sei se vou ser apenas um produtor. Nós tivemos nossa primeira reunião sobre Homem-Aranha 4 e estamos procurando um roteirista". Afirmou vagamente. Sam ainda completou dizendo que espera que o próximo filme levante a franquia e tenha a energia dos dois primeiros filmes. O próprio diretor concorda que faltou essa mesma energia no terceiro. Resta aos fãs torcer para o diretor retornar com maior automia e resgatar a franquia do limbo. Ele ainda aproveitou para informar que não deve estar a frente do remake de Uma Noite Alucinante (Evil Dead), um de seus clássicos oitentistas de horror.

MAIS UM PÔSTER DE WOLVERINE

by
Por André Moreira

Para não perder o pique, a Fox continua com a promoção na rede de X-Men Origins: Wolverine. No novo pôster de divulgação do filme dirigido por Gavin Hood, Ciclope (futuro líder dos X-men) e Emma Frost, a Rainha Branca estão presentes. Resta saber se o filme vai ser tão bom quanto sua promoção. O longa promete desvendar a origem do mutante mais famoso dos X-Men e mostrar sua relação com outros mutantes conhecidos do universo dos quadrinhos da editora Marvel. Estréia no próximo dia 30 de abril. Veja o pôster logo abaixo:

NOVAS FRONTEIRAS PARA STAR TREK

by

Depois de colecionar fãs na televisão, Jornada nas Estrelas (Star Trek) migra para o cinema buscando o sucesso perdido com o fim da série clássica

Por Octavio Caruso
Com fracos índices de audiência e péssimos roteiros, a série clássica foi cancelada após a terceira temporada. Os fãs teriam que se contentar com reprises cada vez mais esporádicas e o conceito de Roddenberry estaria fadado ao esquecimento.
Porém, após o sucesso estrondoso de Star Wars em 1977, os estúdios de cinema procuravam idéias parecidas, visando uma “fatia” do lucro. Gene Roddenberry chegou a assistir inúmeras vezes o filme de George Lucas e Contatos Imediatos do Terceiro Grau, de Spielberg no cinema para obter idéias para o primeiro filme de Jornada nas Estrelas. Percebeu que não poderia mais ater-se aos efeitos especiais acanhados e improvisados dos tempos da série original. Com o recente “boom” de filmes espaciais, os estúdios da Paramount estavam determinados a lançar o filme o mais rápido possível.
Star Trek – O Filme, estreou em 1979, com o mesmo elenco em uma ótima aventura filosófica dirigida pelo mestre Robert Wise (de “O Dia em que a Terra parou” e “A Noviça Rebelde”). Sem muita ação e muitos questionamentos lúdicos, o projeto só obteve reconhecimento entre os fãs do antigo seriado. O próprio elenco queixava-se da tentativa utópica de tentarem ludibriar os efeitos do tempo, fazendo com que os atores, com efeitos de maquiagem, parecessem os astros de outrora.


No mesmo período, o ator Leonard Nimoy havia lançado um livro intitulado: I am Not Spock (Eu não sou Spock), onde tentava se desvincular do personagem e alcançar novos públicos.
O diretor sabia que não poderia existir um filme de Star Trek sem os elementos fundamentais que originaram o sucesso da série e após muitas tentativas, conseguiram trazer de volta o interesse de Nimoy em atuar como o vulcano de orelhas pontudas.
Com uma história complexa sobre uma nuvem alienígena no espaço sideral em busca de seu criador, que destrói tudo em seu caminho e pouca liberdade para os atores, aliado ao esforço em se lançar o projeto o quanto antes, foram determinantes para o fracasso do filme. Como o próprio Capitão Kirk, William Shatner disse posteriormente em seu livro de memórias:
“Tenho de admitir que fui à nossa espetacular premiére mundial eletrizado com a pompa e a circunstância da ocasião, encantado com a tietagem e a atenção da imprensa. À medida que as luzes diminuíam e o filme finalmente começou a passar diante de mim, continuava tão envolvido pelo entusiasmo que sequer notei a lentidão da história. Mais tarde, contudo, livre do smoking e vendo o filme com uma perspectiva um pouco mais honesta, um pouco menos distraída, pensei comigo mesmo: Bom, é isso aí. Demos o melhor da gente, mas não ficou bom e isso nunca mais vai acontecer.”
O diretor e fã da série clássica Nicholas Meyer sabia onde estavam os erros do primeiro filme e decidiu capitanear a segunda incursão da equipe da nave Enterprise em Star Trek 2 – A Ira de Kahn. Neste, o clima da série estava mais presente, com muitas discussões ideológicas e cômicas entre o trio principal e uma carga maior de ação. Isso sem falar na presença de um vilão de peso, interpretado por Ricardo Montalban (reprisando seu personagem do episódio “A Semente do Espaço”). A maquiagem desta vez não tentava esconder os efeitos da velhice e sim, salientar a experiência de cada um dos membros da equipe, como bem é mostrado no início do filme, em uma comemoração do aniversário de 50 anos do capitão Kirk. Nick Meyer sabia que o sucesso do conceito era a interação entre os personagens e o humor advindo disso, não os cenários e batalhas.
Dentre as modificações mais interessantes, a criação de um filho adulto para Kirk trouxeram “calor humano” ao projeto.


O projeto ficou marcado por sua seqüência final, onde Spock se sacrifica pelo bem de toda a tripulação. William Shatner afirmou em seu livro, que se emocionou de verdade ao atuar nestas cenas, pois sua relação com o personagem e sua amizade real com o ator Leonard Nimoy fora das telas chocaram-se com o simbolismo da cena, criando um momento de genuína emoção.
A morte de Spock, uma das condições de Leonard Nimoy ao aceitar o projeto, não foi bem recebida pelos fãs em sua primeira exibição-teste.Como explica o produtor Harve Bennet:
“Ao final da exibição, era possível ouvir o silêncio pesado e fúnebre. Isso me aborrecia. E isso tinha dois motivos: um era meu senso comercial e o outro era minha dedicação à franquia Star Trek. Eu não queria ficar marcado como o cara que acabou com tudo e eliminou qualquer esperança de um Jornada nas Estrelas 3. E ainda havia nosso amigo Leonard, que tinha vivido uma experiência muito prazerosa fazendo esse filme. Eu estava matando alguém que no início podia estar se sentindo feliz em ser morto, mas agora queria voltar e fazer mais um filme.”
Os produtores decidiram incluir então ao final do filme, uma mensagem falada de Leonard Nimoy, citando a frase clássica da série: “Espaço, a fronteira final...”. Havia esperança, afinal.
O filme foi um enorme sucesso de crítica e público e levou os produtores a aceitarem a proposta de Nimoy em não apenas atuar como Spock no próximo projeto, como também dirigir a empreitada.
Como vilões no terceiro filme, foram escolhidos os Klingons, liderados por um quase irreconhecível Christopher Lloyd, como o cruel Kruge.
Star Trek 3 – À Procura de Spock é muito mais que apenas uma maneira de se trazer de volta um personagem e continuar a franquia. O senso de responsabilidade de Kirk é posto a prova, quando ele se defronta com a pior tragédia de sua vida: o assassinato de seu filho e a destruição da nave Enterprise.
O projeto obteve um sucesso considerável, ainda que menor que o filme anterior, mas deixava uma porta escancarada para uma quarta aventura.
Ainda sob a direção talentosa de Leonard Nimoy, “Jornada nas Estrelas 4 – A Volta para Casa”, ficou decidido que desta vez não haveria nada de mortes, lutas, socos, tiros, torpedos fotônicos ou vilão estereotipado, em vez disso, a tripulação da Enterprise lutaria contra o tempo, as circunstâncias e um dilema aparentemente insolúvel.

Baseando-se no conceito dos episódios geniais: “Cidade à beira da Eternidade” e “Amanhã é ontem”, os produtores criaram uma história sobre viagem no tempo, com toques ambientalistas.
Para que o futuro esteja protegido contra uma sonda espacial destrutiva, é preciso que a tripulação volte ao final da década de 80 e consiga trazer para a nave, duas baleias (extintas no futuro), que com o som que emitem dentro do oceano, afastaria a sonda.
O mais divertido foi Nimoy ter deixado seus amigos improvisarem em suas cenas nas ruas de São Francisco.
Como William Shatner explica:
“Star Trek 4 foi aonde nenhum filme da série jamais esteve, agradando a exigente crítica e arrecadando cento e nove milhões de dólares de bilheteria. Boatos sobre uma continuação começaram a surgir.”...”Leonard e eu estávamos almoçando juntos, foi quando Leonard tirou uma idéia do nada e me disse: Sabe...estava pensando numa coisa. Devido ao nosso acordo de favorecimento mútuo, se por acaso aprovarem um novo filme, talvez, se você pedisse, eles te dessem a direção.”... “Na noite de estréia, sentei quietinho no cinema e eu torcia para tudo dar certo e o filme de Leonard ser um estouro. No meio do filme, me vi sorrindo de orelha a orelha. A platéia estava rindo, divertindo-se a valer e aplaudindo com entusiasmo.”
Coube a William Shatner a responsabilidade de continuar o legado da série em seu quinto projeto para cinema. “Jornada nas Estrelas 5 – A Última Fronteira” era um filme sombrio, sem muita ação e cheio de questionamentos filosóficos como o primeiro filme da série. Mais parecia um episódio da série clássica esticado para quase duas horas. Tem seus méritos, porém é uma história fraca, com péssimos efeitos especiais e que só vale pela presença sempre genial do trio Shatner / Nimoy / De Forest Kelley.
Shatner fala sobre o fracasso do filme:
“Apesar das críticas nem sempre favoráveis e dos resultados não muito animadores nas bilheterias, considero uma tentativa válida, embora não muito bem sucedida, de fazer um filme que mostra a evolução dos personagens principais e um comentário filosófico a respeito do desejo humano de acreditar em algo. Quis usar “Jornada nas estrelas” para contar uma história em que nossos bem conhecidos personagens fossem colocados em situações em que nunca tinham estado e levados a questionarem suas crenças e até a confiança que tinham um nos outros. Obviamente o filme não ficou como eu esperava.”
Por muito tempo, os fãs acreditaram que esta teria sido a última aventura da Enterprise no cinema. Porém em 1991, aproveitando as comemorações de aniversário da saga, os produtores divulgaram um sexto filme, anunciada como a viagem final da Enterprise clássica.
Com o diretor de “Star Trek 2”, Nick Meyer no comando, “Jornada nas Estrelas 6 – A Terra Desconhecida” alçou vôo.
A história, que lembrava um pouco a guerra fria, trazia o império Klingon e a Federação interplanetária tentando entrar em um acordo, porém pessoas influentes tentam assassinar o chanceler da conferência de paz e manter o conflito. Para interpretar o general Klingon, Chang, o renomado ator Christopher Plummer.
Ao final das gravações, uma grande celebração foi feita, marcando a última vez que o grupo de amigos formado na década de 60 iriam estar juntos em cena. Gene Roddenberry já bastante debilitado, após dois ataques cardíacos e em uma cadeira de rodas, foi levado a uma sala de projeção para ver o filme completo, saindo extremamente satisfeito e falecendo apenas 48 horas após.
Mais que um simbolismo, a morte de Roddenberry encerrava a era de ouro do conceito de Star Trek.
Mais três filmes foram feitos com a equipe de “Star Trek – A Nova Geração”, todos obtiveram fracos resultados entre o público geral. Em “Generations”, Kirk e Picard (Patrick Stewart) se juntam contra uma ameaça em comum, uma boa premissa jogada fora. A morte inglória de Kirk ao final não ajuda a aumentar o interesse neste projeto.
No primeiro filme solo da nova geração, “Primeiro contato”, os produtores tentam emular a fórmula vitoriosa de “A Ira de Khan”, trazendo mais ação, porém a falta de um vilão imponente e pouco apelo e empatia entre os integrantes da equipe tornam-no bom apenas para os fãs mais devotados.
Com os péssimos “Insurreição” e “Nêmesis”, ao lado do fracasso retumbante da série “Enterprise” que tentava sobreviver na TV, a franquia caminhou a passos largos rumo à morte criativa.

“ Um novo início...”


Após 43 anos de sua estréia na TV, estamos diante de um novo projeto. O produtor e diretor J.J. Abrams decidiu resgatar o conceito original de Gene Roddenberry e realizar um recomeço, mostrando a origem da amizade entre Kirk, Spock e McCoy e suas primeiras aventuras. Nunca antes havia sido abordado esta fase, portanto, J.J. está livre para criar em cima das idéias iniciadas na série dos anos 60.
A primeira coisa que animou os velhos fãs foi a escalação no elenco de Leonard Nimoy, como um Spock idoso que voltaria no tempo e se encontraria com sua versão jovem, vivida por Zachary Quinto. O intuito de tal viagem só virá a tona quando pudermos assistir o filme no cinema, mas devemos confiar em J.J. Abrams. Pelo que podemos constatar pelo trailer (confira aqui), a motivação do diretor é focar nos interesses que levaram o jovem e audaz James Kirk (vivido por Chris Pine) a aceitar a responsabilidade de capitanear a nave Enterprise. Aos mais atenciosos e fãs antigos, pode-se notar referências a episódios da primeira temporada da série clássica. Alguns fatos dos quais havíamos ouvido falar em episódios, porém que poderemos assistir em sua totalidade neste projeto.
O novo filme tem tudo para ser um grande sucesso, pois respeitou o que muitos produtores rejeitaram, o velho ditado: Em time vencedor, não se mexe.
Star Trek é Kirk, Spock, Magro, Uhura, Sulu......Vida longa e próspera!

Confira a primeira parte do especial Star Trek aqui

27 de mar de 2009

BYE BYE JESUS

by

Por André Moreira

O que é bom dura pouco. O que era doce se acabou. Chegou ao fim o breve "romance" entre a popstar Madonna e o modelo brasileiro Jesus Luz. Segundo um tablóide, a cantora comunicou estar solteira em conversa com fãs no Twitter, uma espécie de miniblog. Em contra partida algumas linguas mais ferinas afirmam que Jesus seria um empecilho para Madonna adotar mais uma criança, uma menina do Mallauí, como seu outro filho adotado David Banda. O romance com um homem 20 anos mais novo que ela estaria "atrapalhando" os trâmites legais. Seja lá o que for, Madonna deu adeus a seu Jesus.

26 de mar de 2009

PRIMEIRO TRAILER DO NOVO FILME DE SPIKE JONZE

by
Por André Moreira

Spike Jonze (Quero Ser John Malkovich) liberou o trailer de seu novo longa, Onde Vivem os Monstros (Where The Wild Things Are). A história adaptada do livro homônimo de Maurice Sedak, publicado em 1963, conta a história de um menino malcriado que depois de ser mandado para cama sem jantar, se transporta para um mundo imaginário habitado por monstros, a terra de The Wild Things, e é recebido como seu novo Rei. Pelo trailer é possível ver um filme emocionante. Vem coisa boa por aí. Confira:


PATO COM GALVÃO NO ESPORTE ESPETACULAR

by

Por André Moreira

Galvão Bueno continua com suas entrevistas com ídolos do esporte mundial no Esporte Espetacular deste domingo, 29. A estrela da vez é Alexandre Pato, jogador do Milan, que recebeu o apresentador e locutor em sua casa na Itália. Bem a vontade, Pato abriu o coração e não só falou da carreira bem sucedida como também sobre seu relacionamento com a atriz Stephanie Brito, com quem estava brigado na ocasião da entrevista. Emocionado, o jogador relembra sua infância e o sério problema que teve no braço que poderia ter destruído seus sonhos no futebol.

25 de mar de 2009

OS PRIMÓRDIOS DE WOLVERINE EM VÍDEO

by
Por André Moreira

Para quem acompanha as aventuras de Wolverine nas histórias em quadrinhos sabe que o mutante é mais velho que aparenta, graças ao seu famoso fator de cura, que retarda seu envelhecimento. Com isso o X-man vivenciou diversas guerras ao longo do tempo e esse histórico do mutante mais famoso da marvel vai estar presente em seu filme X-Men Origins: Wolverine, que estréia no dia 30 de abril. No novo vídeo divulgado pelo site IGN mostra sua passagem por diversas guerras ao lado de seu futuro inimigo Victor Creed (vulgo Dentes- de Sabre). Além disso é possível conferir as garras de osso que precedem o adamantium, fruto do projeto arma X, que também estará no filme. Hugh Jackman revive seu papel como Wolverine.

Veja o vídeo logo abaixo:

24 de mar de 2009

A-HA NO PROGRAMA AMAURY JUNIOR

by

Por André Moreira

Prestes a retornar ao Brasil para uma série de shows, o grupo A-Ha, sucesso nos anos 80, concedeu uma entrevista ao programa Amaury Junior onde recordaram o sucesso que fizeram no Rock In Rio 2. Animados por voltarem a tocar em terras brasileiras, os musicos contaram que esperam fazer o mesmo sucesso de outrora nos shows que irão fazer no Rio de Janeiro e São Paulo. A conversa vai ao ar nesta quarta, 25.

MUITA AÇÃO NO NOVO COMERCIAL DE STAR TREK

by
Por André Moreira

Com a proximidade do reboot de Star Trek (Jornada nas Estrelas) nos cinemas no dia 8 de maio, a produção investe cada vez mais na promoção do filme. O longa de J.J. Abrams que vai contar os primóridos de Kirk, Spock e da equipe da Enterprise ganhou um novíssimo comercial de tv. Confira:

23 de mar de 2009

JUSTIN AND BEYONCÉ IN RIO

by

Por André Moreira

Que os fãs preparem os corações. A dupla de sucesso no showbizz americano, Justin Timberlake e Beyoncé Knowles, aporta em junho no Rio de Janeiro, segundo a coluna Gente Boa do O Globo desta segunda, 23. As estrelas marcarão presença no evento Oi Fashion Rocks, que pela primeira vez será realizado no Brasil. O evento que mistura música e moda terá como palco o Jockey Club carioca.

FRANÇOISE FORTON VIVE OPORTUNISTA EM PROMESSAS DE AMOR

by

Por André Moreira

Françoise Forton promete causar confusões em Promessas de Amor, novela de Tiago Santiago que estréia nesta terça, 24. A atriz vive a professora de matemática Cristina e viverá um romance por interesse com o empresário Camargo (Paulo Figueiredo), dono da colégio Novo Ensino, um dos núcleos da trama.

DANÇA DAS CADEIRAS CONTINUA COM MERCENÁRIOS

by
Por André Moreira

O troca-troca no elenco de Os Mercenários (The Expendables), novo filme de Stallone, continua antes mesmo de começar. o site Ain´t It Cools soltou esta semana que por problemas de agenda o rapper 50 cent está fora do elenco e quem entra em seu lugar é o ator Terry Crews (Agente 86, Everybody Hates Chris). O início das filmagens estão programadas para 28 de março em terras brasileiras. A atriz brasileira Gisele Itié também está no elenco.

21 de mar de 2009

NOVO COMERCIAL PARA TV DE WOLVERINE

by
Por André Moreira

Continua a divulgação do esperado filme X-Men Origins: Wolverine. Desta vez o novo comercial para tv apresenta os mutantes que servirão de coadjuvantes na nova aventura de Logan em busca de suas origens. Ciclope, Blob, Emma Frost, Gambit. Estão todos lá. Dê uma olhada. O filme estréia no próximo dia 30 de abril.


UMA JORNADA AO LONGO DO TEMPO

by

Prestes a ter sua franquia revitalizada nos cinemas, Jornada nas Estrelas (Star Trek) - a série clássica - ainda vive no imaginário de seus fãs


Por Octavio Caruso

“Audaciosamente indo aonde nenhum homem jamais esteve...”

O ex-piloto de aviões e policial Gene Roddenberry inscreveu seu nome na história da ficção científica ao criar o conceito da série de TV Star Trek. Em sua perspectiva não seríamos nós as vítimas indefesas de invasões extraterrestres. Em um futuro distante onde a violência e selvageria foram exterminados, a raça humana sempre buscando a evolução sai de sua “área de conforto” e perscruta o infindável cosmos à procura de novas raças, novos mundos e civilizações. Variadas raças unindo-se em prol do conhecimento.
Hoje em dia a idéia soa boba, porém quando foi idealizada no início da década de 60, era uma maneira ousada de passar uma mensagem, pois o mundo vivia um período caótico. O racismo tomava conta da América, assim como as mulheres ainda lutavam por seu lugar em uma sociedade machista. Roddenberry respondeu inserindo uma personagem negra em posição de destaque na equipe de tripulantes da nave estelar Enterprise, possibilitando o primeiro beijo interracial da história da TV.

A equipe de aventureiros era formada por Uhura (Nichelle Nichols), oficial de comunicações negra, Sulu (George Takei), asiático estrategista e perito em esgrima, Scotty (James Doohan), engenheiro chefe e a tríade principal, que constituíam um dos maiores atrativos da série: Leonard McCoy (De Forest Kelley), também conhecido como “Magro”, oficial médico e a consciência do capitão. Spock (Leonard Nimoy), primeiro oficial e segundo em comando, alienígena Vulcano regido pela razão e lógica, sempre em disputas ideológicas com o coração da equipe, representado pelo capitão James Tiberius Kirk (William Shatner). Corajoso e impetuoso, foi o primeiro jovem oficial a assumir o posto de capitão da frota estelar.
A união da consciência de McCoy, com a lógica de Spock e o coração de Kirk foram os causadores do sucesso popular instantâneo de Star Trek. O foco não eram as batalhas e sim os dilemas nascidos da união entre pessoas tão diferentes e que só tinham em comum a forte admiração mútua e amizade.
A série estreou em 1966 e foi aclamada por fãs fervorosos em círculos de apaixonados por ficção científica. Uma das inovações foi convidar escritores literários de renome no meio “Sci-Fi” para criarem roteiros para episódios da série. Nomes como Harlan Ellison e Theodore Sturgeon, além de Ray Bradbury elevaram o nível da produção a patamares nunca alcançados antes.
A série durou três temporadas, sendo a primeira a que contém o maior número de episódios inesquecíveis. Alguns beiram o brilhantismo e conquistaram prêmios (como o Hugo, o “Oscar” da ficção científica) em festivais do gênero.
Os roteiros misturavam bom humor, com aventura e suspense, driblando o orçamento pífio com muita elegância.
Dentre o que de melhor foi feito na série, os doze seguintes episódios merecem destaque:

“O Ardil Corbomite” (The Corbomite Maneuver)


Quando a Enterprise é apanhada em um conflito mortal com uma nave alienígena desconhecida, o Capitão Kirk deve se utilizar de toda sua habilidade e estratégia para escapar.


“As Mulheres de Mudd” (Mudd´s Women)

A Enterprise recebe um capitão de cargueiro e três belas mulheres, que mexem com a cabeça de todos os homens a bordo, mas elas se utilizam de uma droga poderosa que mantém suas aparências joviais. Neste episódio surge o primeiro grande vilão da série: Harry Mudd. O personagem voltaria a aparecer em um episódio inferior na segunda temporada.

“O Inimigo Interior” (The Enemy Within)

Um acidente de transporte separa o capitão em duas pessoas, um gentil e outro inescrupuloso. William Shatner se diverte interpretando estas duas facetas de seu personagem. Foi neste episódio que Spock utiliza pela primeira vez seu “toque neural vulcano”, uma maneira pacifista de terminar uma discussão.

“Tempo de Nudez” (The Naked Time)
A tripulação é infectada por um vírus alienígena que acentua as emoções e desejos mais selvagens. Uma genial parábola aos malefícios do álcool.

“O Equilíbrio do Terror” (Balance of Terror)
Eloqüente discurso contra o preconceito, mostrando a primeira aparição dos vilões romulanos.

“O Punhal Imaginário” (Dagger of the Mind)
A Enterprise investiga uma colônia penal, onde o diretor se utiliza da neutralização neural no tratamento com os presos. Uma discussão efetiva sobre os limites da ética psiquiátrica.

“A Consciência do Rei” (The Conscience of a King)
O capitão Kirk suspeita que um renomado ator de uma companhia de teatro visitante a bordo da nave foi um notório assassino em massa. Inspirado nas tragédias de Shakespeare.

“A Coleção - Partes 1 e 2” ( The Menagerie 1 / 2)
Único episódio duplo da série, que utiliza-se de cenas filmadas para o primeiro episódio piloto realizado pra série, ainda com o ator Jeffrey Hunter como o capitão Pike, antecessor de Kirk na ponte de comando.

“Amanhã é Ontem” (Tomorrow is Yesterday)
Kirk volta ao passado, na década de 60, para impedir que uma investigação militar sobre a tripulação do futuro altere a história da Terra.

“A Hora Rubra” (The Return of the Archons)
Crítica às religiões que controlam as ações de seus seguidores.

“Semente do Espaço” (Space Seed)
A Enterprise encontra uma nave criogênica do século 20 e recebe um líder militar geneticamente modificado que planeja tomar o controle da nave: o terrível Khan (vivido por Ricardo Montalban).

“A Cidade à beira da Eternidade” (City on the Edge of forever)
O dr. McCoy inadvertidamente altera a história, apagando a federação da existência e o capitão Kirk e Spock precisam voltar no tempo para tentar remediar o problema. Considerado por muitos fãs o melhor episódio de toda a série.



Muitas das criações feitas para a série e consideradas na época como ficção científica, hoje em dia tornaram-se utensílios comuns, como os telefones celulares. Gene Roddenberry profetizou que as inovações tecnológicas trariam sua parcela de malefícios, como em vários episódios onde o computador mestre toma o controle de uma população.




Com o sucesso da série, outros projetos foram criados na tentativa de emular a empatia com o público. Uma série animada fez pouco sucesso e durou apenas 22 episódios, o mesmo não se pode dizer de Star Trek – A Nova Geração.
Após a equipe da Enterprise alçar vôo no cinema (como será melhor explicado na próxima parte do especial), os produtores criaram uma nova equipe, liderada pelo ator Patrick Stewart, como o capitão Jean-Luc Picard.
A série foi ao ar em 1987, sendo baseada parcialmente em elementos não utilizados na série clássica, porém tentando manter a química entre os membros da equipe, grande ponto forte do grupo de Kirk.
O capitão Picard era bastante diferente de Kirk, mais austero, menos fleumático. Com o tempo, conseguiu arrebanhar um grande número de fãs.
Os outros membros não conseguiram impingir o carisma de Spock, McCoy e Sulu. A única exceção talvez seja o andróide Data, vivido por Brent Spiner.
A Nova Geração durou sete temporadas e continuou seu caminho no cinema, em quatro filmes, que se não são inesquecíveis, ao menos ajudaram a manter a franquia estável.
Em 1993, estreou na TV a terceira série criada a partir do conceito original de Gene Rodenberry: Deep Space Nine.
Centrada numa estação espacial próxima a um planeta massacrado por anos de ocupação militar, a história não conseguiu reter os espectadores comuns e só fez algum sucesso entre os fãs mais devotados da saga. Sem nenhum personagem marcante e enredos sombrios e obscuros, a série durou seis anos e não foi transposta para o cinema.
Com Deep Space Nine no ar e a Nova Geração acabando sua última temporada, os produtores propuseram uma nova série que mantivesse a essência da série clássica. Foi criada Voyager, uma série onde não haveria mais os elementos clássicos, como os vilões Klingons e romulanos, posto que a história se passaria do outro lado da galáxia.
Os produtores decidiram fazer algo inédito na franquia, uma mulher estaria no comando. Nem este mote serviu para salvar a série do fracasso, após sete temporadas agonizantes, Voyager deixou uma ferida aberta na saga.
Por mais que os produtores tentassem criar novas premissas, nenhuma havia sido tão eficaz quanto a primeira.
Em 2001, uma última tentativa foi realizada com a estréia de Enterprise, na tentativa de dar fim a curva descendente nos níveis de audiência.
Já bastante desanimados, a equipe criativa tentou trazer a série para uma época mais próxima da época de Kirk e companhia. Ambientada no século 22, antes da formação da federação unida de planetas, tratava da primeira aventura humana em viagens de longa distância pelo espaço, uma “prequel” das histórias da série clássica.
Nenhum de seus personagens conseguiu cativar os espectadores, sendo a série cancelada após quatro temporadas. Foi literalmente o fundo do poço criativo para os produtores que viam o fim da franquia se prenunciar no horizonte.
Em contrapartida, os filmes feitos para cinema com a equipe da Nova Geração (que serão analisados na próxima parte do especial) amargavam fracassos de bilheteria e críticas desastrosas, dando um futuro incerto e nada promissor à franquia estelar criada por Gene Roddenberry.
O mundo alternativo de Star Trek engloba, além das cinco séries criadas a partir da original e seus filmes para cinema, uma extensa linha de quadrinhos que continuam sendo realizados.
Apesar do desgaste na franquia, o apoio dos fãs (os famosos “Trekkies”) continua fervoroso, nas muitas convenções realizadas nos quatro cantos do mundo. Pessoas que se vestem como seus personagens favoritos, conversam em dialeto Klingon e propagam acima de tudo a mensagem subliminar existente no original de Roddenberry, que muitos produtores da série não souberam captar ao longo dos anos, que em Star Trek ele criou um mundo onde o soar de um tiro “feiser” só é escutado após todas as medidas cabíveis terem sido tomadas. Um mundo evoluído intelectualmente, onde os argumentos valem mais que batalhas, muito distante das guerras espaciais que George Lucas criaria na década de 70.

Continua.....

20 de mar de 2009

RICARDO TOZZI CONFERE EVENTO EM RECIFE

by

Por André Moreira

Aproveitando uma folga nas gravações de Caminho das Índias onde interpreta Komal, Ricardo Tozzi conferiu o lançamento de uma nova linha de calçados em um badalado evento em Recife. Sua colega de novela, Vitória Frade (com o ator na foto) também prestigiou o evento.

NOVOS HÁBITOS ALIMENTARES SEGUNDO JAMIE OLIVER

by
Por André Moreira

Jamie Oliver é um incansável. Depois de mostrar de uma forma bem humorada o mundo da culinária, ele agora tem uma nova missão: Transformar os hábitos alimentares do povo britânico. Em seu novo programa que estréia no GNT em 04 de abril, Revolução na Cozinha, o Chef vai conversar e trocar idéias com pessoas do País e mostrar para eles - e para nós - como se alimentar de maneira correta e saudável.

FESTA SURPRESA PARA GIOVANNA ANTONELLI

by
Por André Moreira

Querida pelos colegas de trabalho e produção da novela Três Irmãs, Giovanna Antonelli ganhou uma festa surpresa nos bastidores da produção em comemoração ao seu aniversário. Othon Bastos (Polidoro) e Otávio Müller (Gennaro) aproveitaram a ocasião para se despedir dos colegas após gravarem suas últimas cenas na novela de Antônio Calmon.

19 de mar de 2009

SINAL VERDE PARA O LANTERNA

by

Por André Moreira

Mesmo sem seu protagonista confirmado, o filme do Lanterna Verde Hall Jordan já tem data e local para o início das suas filmagens. A partir de setembro a Austrália servirá como locação inicial para o filme que contará a história de origem (claro) do Lanterna mais famoso dos quadrinhos. Com direção de Martin Campbell (Cassino Royale), o filme tem previsão de estréia para 2010.

TROCA DE MERCENÁRIOS

by
Por André Moreira

Depois de Cléo Pires e Ben Kingsley darem para trás por diferentes motivos, agora é a vez do oscarizado Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia) dar o fora do novo filme de Sylvester Stallone, Os Mercenários (The Expendables). No seu lugar, pasmem, entra o rapper 50Cent. O longa começa a ser rodado no Brasil no fim de março e depois segue para locações em Nova Orleans. Vale lembrar que 50Cent já deu expediente no Brasil, quando trouxe uma de suas turnês para o País há alguns anos atrás.

ANGÉLICA MESTRE DE CERIMÔNIAS

by
Por André Moreira

Foi com esse sorriso nada amarelo, diga-se de passagem, que Angélica marcou presença em um evento de uma famosa marca de produtos dentais. A apresentadora foi a mestre de cerimônias do evento realizado ontem à noite na Casa Fasano, em São Paulo. Quem badalou por lá pôde aproveitar a apresentação do grupo Monobloco e o set criativo do DJ Zé Pedro.

17 de mar de 2009

CONFIRA NOVO COMERCIAL DE STAR TREK

by

Por André Moreira

O novo Star Trek, clássica série de ficção científica, teve divulgado no celebrado SuperBowl americano um comercial inédito. Dinâmico, o comercial junta cenas já vistas anteriormente em outros trailers, mas dão o tom da trama. O longa, que promete ser um reboot da franquia, estréia no dia 8 de maio. Chris Pine (Kirk) e Zachary Quinto (Spock) lideram o elenco na história que vai mostrar a origem da tropa estelar.

Star Trek- Comercial SuperBowl

ZAC EFRON PODE SER JONNY QUEST

by
Por André Moreira

O que antes era uma hipótese agora pode se tornar realidade. Divulgando seu último filme, 17 again, Zac Efron (High School Musical) conversou com a imprensa presente a pré-estréia sobre a possibilidade de encarnar nas telas de cinema o personagem Jonny Quest, desenho cult da Hanna Barbera. Segundo o ator, existe sim a possibilidade porém tudo está ainda nos estágios iniciais e o processo é longo. Se ele se refere ao tratamento de roteiro, com certeza deve levar mais algum tempo até vermos Jonny e Cia. nos cinemas em versão live action.
Jonny Quest marcou época e contava história do dr. Benton e seu filho Jonny, que junto com seu quarda-costas Bannon, seu amigo Hadji e seu fiel cachorro Bandit, se envolviam em diversas aventuras pelo mundo. O lutador de luta-livre e agora ator Dwayne Johnson (A Montanha Enfeitiçada) é forte candidato ao papel de Bannon.

Relembre a abertura de Jonny Quest na versão brasileira:




RODRIGO SANTORO E JENNIFER LOPEZ NA VANITY FAIR

by

Por André Moreira

Rodrigo Santoro continua sua trajetória bem sucedida em Hollywood. O ator brasileiro está na nova edição da revista Vanity Fair ao lado de Jennifer Lopez. O editorial assinado pelo fotógrafo Mark Selinger reproduz o famoso musical West Side Story com Santoro na pele de Bernardo, líder de uma gangue e Jennifer como Anita, sua namorada. Camilla Belle também participa do ensaio. Confira as fotos de divulgação.

16 de mar de 2009

APRENDIZ AGORA É UNIVERSITÁRIO

by

Por André Moreira

Depois de 5 edições bem sucedidas, Roberto Justus retorna no dia 9 de abril com seu Aprendiz, agora com mais uma novidade. Com o subtítulo Universitário, o programa procura inovar mais uma vez apostando em estudantes que sonham encontrar uma primeira oportunidade na vida profissional. Em coletiva realizada na manhã desta segunda, 16, Roberto Justus falou sobre essa nova empreitada. "Chegar na sexta edição do Aprendiz e manter o mesmo ânimo e ritmo não é fácil. Eu realmente aprendo muito com eles, porque são jovens e sempre têm uma reação inusitada e mais espontânea", destacou ele que pretende ser mais exigente nesta nova edição. Uma das novidades do programa fica por conta dos candidatos escolhidos. Agora serão 18 e não mais 16 como nos programas anteriores que disputarão a vaga para trabalhar com o empresário e o prêmio máximo de 1 milhão de reais. "Sempre despertamos o interesse e a curiosidade dos estudantes universitários, por isso resolvemos produzir uma temporada exclusiva com a participação deles. Será a chance de aprender e testar suas habilidades para um mercado de trabalho cada vez mais exigente e complexo. Acho que vamos encontrar grandes talentos que seguirão uma carreira brilhante pela frente. Estou muito empolgado com mais esse desafio, batemos recorde de inscrições e isso é a prova do carinho e credibilidade que o programa alcançou junto ao público", Aposta.

15 de mar de 2009

SUPERMAN E BATMAN: INIMIGOS PÚBLICOS EM DVD

by

Por André Moreira

Segundo o Comic Book Resources, depois de levar para o formato em DVD e Blu Ray as aventuras de Superman e Mulher Maravilha, a DC Comics e a Warner Bros irão adaptar para animação a mini Superman e Batman: Inimigos Públicos (Superman and Batman: Public Enemies) originalmente publicada entre 2003/2004. Com Bruce Tim (Batman: The Animated Series) como produtor executivo, a animação deve ser, em parte, fiel ao original e tem previsão de lançamento para o outono americano. Antes, no verão, chega as lojas Green Lantern: First Flight, contando a origem de Hall Jordan, o mais famoso Lanterna Verde. Na sinopse original de inimigos públicos, Lex Luthor, então Presidente dos Estado Unidos, arma um plano para convencer a opinião pública de que um asteróide de kriptonita está prestes a se chocar com a Terra e Superman é o responsável por isso com o apoio de Batman.
Enquanto o desenho de Superman e Batman não sai, confira entrevistas com os bastidores de Lanterna Verde: O Primeiro Vôo.


14 de mar de 2009

MUTANTES EM FOZ DO IGUAÇU

by
Por André Moreira

Foz do Iguaçu se transformou em campo de batalha essa semana entre os mutantes da Record. Na reta final de Os Mutantes, Alexandre Avancini levou as gravações para as Cataratas do Iguaçu e contou com parte do elenco, dentre eles Íttala Nandi, Jorge Pontual, Marcos Pitombo e Rômulo Arantes Neto. Aproveitando o cenário - o diretor ainda gravou na hidrelétrica de Itaipu - foram feitas cenas para a sequência da novela de Tiago Santiago, Promessas de Amor, que estréia ainda esse mês. Lanchas e helicópteros fizeram parte das cenas de ação.

12 de mar de 2009

ESCALADA A VIÚVA NEGRA DE HOMEM DE FERRO 2

by
Por André Moreira

Natasha Romanov, a Viúva Negra, ganhou finalmente seu rosto em Homem de Ferro 2 (Iron Man 2). Segundo a revista Ok e o canal E!, Scarlett Johansson (A Outra) fechou com o diretor do longa Jon Favreau para viver a famosa espiã russa dos quadrinhos. Vale lembrar que esse é o segundo filme derivado dos quadrinhos que Scarlett participará. A atriz em breve poderá ser vista em The Spirit, que estréia no Brasil na próxima sexta, 20 (confira a crítica aqui). Iron Man 2 , que ainda conta com Robert Downey Jr. retornando ao papel do herói, Mickey Rourke com o vilão chicote e Samuel L. Jackson como Nick Fury, tem previsão de estréia para 2010.

MARVEL LIBERA PREVIEW DE ULTIMATUM

by

Por André Moreira

A saga que irá redefinir todo universo Ultimate da Marvel Comics, Ultimatum, teve liberado pela própria editora um preview do que está por vir na terceira edição da mini produzida por Jeph Loeb and David Finch e Danny Mikki. Na prévia estão as versões ultimate de Magneto (o protagonista da saga), Mística e Homem-Múltiplo. Ainda não existe previsão da série chegar em terras brasileiras. Confira logo abaixo e cuidado com os spoilers.

Top Ad 728x90