Top Ad 728x90

6 de nov de 2009

CRÍTICA: "O SOLISTA"

UM SOLO APENAS MEDIANO
Mesmo com dois grandes atores, O Solista tem resultado final apenas mediano


Novo longa de Joe Wright, O Solista é um filme de atores. E Wright sabe disso e tira proveito da matéria prima que tem à mão: Robert Downey Jr. e Jamie Foxx. É nos atores que o filme se sustenta, mas infelizmente não chega ao nível de outros longas de sucesso do diretor, como Desejo e Reparação e Orgulho e Preconceito.
Baseado em uma história real, o filme acompanha o encontro do jornalista Steve Lopez (Downey Jr.) com o talentoso Nathaniel Ayers (Foxx), músico que acabou indo parar nas ruas de Los Angeles por causa de sua esquizofrenia. que se torna inadivertidamente não só matéria e inspiração para a coluna de Lopez como uma espécie de redenção. Nessa jornada, um desiludido jornalista acaba se colocando à prova.

Colocando os protagonistas como contraponto um ao outro, Wright esquece de dar um ritmo maior a trama que por muitos momentos soa arrastada e pode afastar até quem tem boa vontade com esse tipo de história. Talvez se houvesse um pitada de humor, esse tempero daria um gosto mais apurado ao longa. Longe do brilhantismo de um Rain Man, O Solista soa apenas como um filme mediano. Não é ruim, mas poderia ser bem melhor.



1 Comentários:

Top Ad 728x90