Top Ad 728x90

25 de mar de 2010

VOANDO ALTO

Com um roteiro coeso e divertido, Como Treinar seu Dragão se transforma em diversão para todas as idades

Criar novas histórias de animação sem se repetir tem sido um feito e tanto para o mercado de animações nos Estado Unidos. Tanto Pixar e Dreamworks, principais empresas deste mercado, tem conseguido driblar esses obstáculos e apresentar ao grande público grandes produções que não se baseiam apenas na tecnologia. Depois de conquistar público e crítica em suas primeiras produções e ganhar o mercado antes ocupado por animações tradicionais, agora o desafio é criar ou adaptar histórias em que o roteiro é essencial para o sucesso da produção.
A Dreamworks à exemplo disso tem conseguido equilibrar esses dois pólos - assim como a Pixar - da tecnologia à serviço de um bom roteiro. E prova isso em sua nova produção, a animação Como Treinar seu Dragão (How To Train Your Dragon), que chega aos cinemas brasileiros nesta sexta, 26.
Adaptação do livro da escritora inglesa Cressida Cowell, o longa animado conta a história de Soluço, menino franzino que tenta mostrar para seu Pai que pode ser um verdadeiro Viking matador de dragões. Só que o destino trama para ele e o coloca em frente ao um desafio ainda maior: domar e treinar um dos maiores inimigos de seu povo, um dragão.
O acerto do longa em relação ao texto original fica por conta de levar a história em um direção totalmente nova. Colocando a trama com uma história de origem novos elementos dramáticos puderam ser melhor explorados, como a relação conflituosa entre pai e filho, o desenvolvimento dos personagens principais, e o essencial, criar o climax e reviravoltas de forma clara para crianças menores.

Um ponto positivo da animação, dirigida entre quatro mãos por Chris Sanders e Dean Deblois, é o resgate da figura do Viking, sempre mal explorada em poucas produções, em detrimento de outras figuras "mitológicas" no cenário cinematográfico, como os Piratas por exemplo. Trabalhando em cima da figura mítica dos Vikings, Como Treinar seu Dragão abre outros leques de possibilidades e desbrava um bom caminho para possíveis continuações.
Outro destaque do roteiro foi optar em colocar a trama em torno do personagem do menino Soluço e deixar de lado a velha fórmula manjada de animais falantes, muito usual em produções da Disney, que em alguns casos tira todo o charme da trama. Aqui ficou muito mais interssante observar as mudanças de nuances do dragão do título e sua crescente relação com o protagonista.
Como Treinar um Dragão não chega a ter o alcance emotivo de Up - Altas Aventuras (Pixar), mas tem suas qualidades e consegue voar tão longe quanto seus dragões. (Fotos de divulgação / Paramount Pictures)

Cotação: 9,0/10

0 Comentários:

Top Ad 728x90