Top Ad 728x90

26 de out de 2010

MADONNA PODE ABRIR ACADEMIA NO BRASIL

by
Por André Moreira

Esta é para os marombeiros de plantão. Madonna pretende abrir ao redor do mundo uma rede de academias com o sugestivo nome de Hardy Cany, não por coincidência  o nome de seu último cd. A idéia da "material girl" é abrir unidades da academia em mais de dez cidades ao redor do mundo que deve ter seu toque pessoal e o Brasil estaria incluído entre eles.
Madonna terá como sócio seu empresário Guy Oseary e a New Evolution Venturis de Mark Mastrov. A academia terá o toque pessoal da pop estar levando em conta atividades como yoga, danças, e outras atividades desenvolvidas especialmente para o projeto. A primeira unidade será inaugurada dia 30 de novembro na cidade do México.

23 de out de 2010

CRÍTICA: PIRANHAS 3D

by
Por André Moreira

Não há como negar que filmes de estilo trash tem seu charme e divertimento. Indo na contramão de blockbusters de ação e terror que se esmeram em garantir a atenção do público através de efeitos especiais de última geração e algum conteúdo no roteiro, as produções chamadas trash pouco se importam com tais fatores e apontam para o que seu público realmente quer: diversão.
E seguindo esse padrão, chegas às telas de cinema Piranhas 3D, revivendo e revitalizando um estilo que estava esquecido há tempos. Tendo como inspiração direta o clássico trash setentista e pouco reconhecido Piranhas (este dirigido por Joe Dante, que anos depois assinaria a direção de Gremlins, sucesso dos anos 80), Piranhas 3D nada inclui de novo no gênero e neste ponto está seu acerto. Sem a intenção de se tornar um grande filme, o longa sanguinolento de Alexandre Aja navega no nonsense, distribui sangue para todo lado, apresenta mortes improváveis – em sua maioria de jovens, bem no estilo trash – e efeitos propositalmente toscos e nenhum aprofundamento dos personagens.
Quando um tremor abre uma caverna embaixo do Lago Vitória e libera um cardume de piranhas agressivas. A região está recebendo uma grande quantidade de estudantes de férias, o que traz mais potenciais vítimas para os peixes assassinos.
Aja entrega um filme assumidamente trash e não tem vergonha disso. E coloca um charme a mais ao homenagear clássicos do gênero e de outros através da presença de Richard Dreyfuss, Christopher Lloyd e Elizabeth Shue (esses dois últimos remetendo propositalmente a outro clássico oitentista, mas não entrarei em detalhes para não estragar as surpresas). Piranhas 3D diverte até o mais exigente dos cinéfilos e abre caminho para uma já acertada continuação para 2012.

CONFIRA NOVO POSTER E COMERCIAL DE TV DE HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE

by
Por André Moreira

Harry Potter e as Relíquias da Morte, primeira parte da derradeira aventura do menino bruxo, ganhou mais um comercial de tv em tom mais sombrio e frenético. Dirigido por David Yates, o longa da sequência a aventura anterior e mostra Harry e seus amigo partindo para o embate final contra o temido Lorde Valdemort. Se o longa seguir o padrão do teaser trailer, vem coisa boa por aí. Veja logo abaixo. O filme chega as telas brasileiras no próximo mês e fecha seu vitorioso ciclo em 2011, com a segunda parte das Relíquias da Morte. Ao lado você confere o novíssimo poster do longa.

DAKOTA FANNING PODE PROTAGONIZAR LONGA DE DIRETOR BRASILEIRO

by

André Moreira
 
Dakota Fanning (Lua Nova) pode ser a estrela do novo filme do diretor braisleiro Heitor Dhalia (À Deriva), If I Stay. Segundo a conceituada revista Variety, a jovem atriz, que para muitos era uma adulta no corpo de criança quando iniciou sua vitoriosa carreira, é dada como quase certa no elenco do longa.
Trata-se de um longa-metragem com temática jovem, história com emoção e dilemas da personagem”, afirmou. Porém o diretor ainda não afirma 100% que Dakota está garantida no elenco de If I Stay, filme que será baseado na obra Gayle Forman e conta a história da dramática vida de Mia."Falta um "ok" de Dakota para que ela estrele o longa". Explica.
Com uma família adorável, um namorado dos sonhos e com uma carreira promissora na música, Mia fica entre a vida e a morte, um passado feliz e um futuro incerto e precisa tomar a decisão mais importante da sua vida. O roteira fica por conta Shauna Cross.

VEJA COMO SERÁ "OA" NO FILME DO LANTERNA VERDE

by



Por André Moreira

Confira em primeira mão as artes conceituais de OA, lar dos Guardiões do Universo, mestres dos Lanternas Verdes.
As artes revelam ainda o cemitério dos Lanternas Verdes e fazem pensar se não veremos na continuação do filme, já programada, parte da saga Blackest Nigth, que permeou todas as publicações dos Lanternas nos quadrinhos recentemente (atual está sendo publicada no Brasil pela Panini Comics) e trouxe de volta diversos personagens mortos em aventuras anteriores, só que em versões zumbis.
Martin Campbell (Casino Royalle) assina a direção e Ryan Reynolds protagoniza. Lanterna Verde, que vai contar a história de Hall Jordan, piloto da força-áerea, que se transforma no guardião esmeralda ao receber um anel que lhe confere poderes extraordinários, será lançado nas versões 2D e 3D em junho de 2011.

TRÊS ATORES DISPUTAM PAPEL EM NOVO "VINGADOR DO FUTURO"

by
Farrel, Fassbender e Brady disputam papel de protagonista da aventura futurista
Por André Moreira

Talvez um dos melhores filmes de Arnold Schwarzenegger, O Vingador do Futuro (Total Recall) vai ganhar um remake em breve. Entrando no clima de revitalização de franquias que deram certo tempos atrás, o filme que deu o primeiro destaque an tela grande para Sharon Stone antes mesmo de Instinto Selvagem, promete abusar das atuais tecnologias de hollywood. E três atores de destaque disputam o papel que outrora fora de Arnoldão. Colin Farrel, Michael Fassbender e Tom Hardy disputam o papel que tem Collin como favorito a conquistá-lo já que está com sua agenda para 2011 livre de filmagens, o que não ocorre com os outros dois candidatos. É esperar para ver.
Len Wiseman (Anjos da Noite) dirigirá o longa, segundo a Columbia Pictures, será uma nova visão contemporânea em relação ao original. As filmagens estão programadas para começar no início de 2011.

" DE VOLTA PARA O FUTURO" QUASE TEVE OUTRO PROTAGONISTA

by
Eric Stoltz foi substituído por Michael J. Fox depois de cinco semanas de filmagens

Por André Moreira

O lançamento em breve do blu-Ray da trilogia De Volta Para o Futuro revela aos poucos fatos e curiosidades de bastidores do filme que marcou época há 25 anos atrás quando fora lançada a primeira das três aventuras vividas por Martin McFly (Michael J. Fox).
Nos extras que estarão no blu-ray o diretor Robert Zemeckis e o produtor Steven Spielberg falam sobre as filmagens, que tinham o ator Eric Stoltz no papel do protagonista Marty McFly.
No depoimento é revelado que depois de cinco semanas de filmagens, Eric foi substituído por Michael J. Fox no papel de McFly, após os dois perceberem que Eric nã oconsegui fazer as cenas mais cômicas do personagem. É claro que a troca funcionou e o resto todo mundo sabe. Sucesso puro.
Confira Eric Stoltz no papel de McFly e tire suas conclusões.

O HOBBIT GANHA SEU PROTAGONISTA

by

Por André Moreira

Depois de várias incertezas parece que o prelúdio de Senhor dos Anéis dará início a produção em breve. Peter Jackson anuncio essa semana que Martin Freeman (Chumbo Grosso) viverá Bilbo Bolseiro em O Hobbit. O ator vinha sendo cogitado a tempos para o papel, mas indefinição de quem dirigiria a aventura deixava a escolha em aberto. E agora com a definição de Jackson a frente da direção o ator foi confirmado e parte do elenco começa a ser escalado. Talvez o mais esperado dentro todos seja Ian McKellen, o que ator viveu o mago Gandalf na trilogia original.

Jackson se manisfestou a respeito da escolha de Freeman. “Apesar dos vários rumores e especulação sobre este papel, houve apenas um único Bilbo Bolseiro para nós. Poucas vezes na carreira a gente cruza com um ator que você sabe que nasceu para interpretar este personagem, e esse foi o caso quando encontrei Martin. Ele é inteligente, engraçado, surpreendente e bravo, exatamente como Bilbo. E me sinto incrivelmente honrado de ser poder anunciar que ele é o nosso Hobbit”. Definiu.

A história de O Hobbit mostrará os eventos anteriores a trilogia original a partir de quando Bilbo Bolseiro (Freeman) encontra o Um Anel, objeto de disputa entre todos da saga. o diretor Guilhermo Del Toro iria dirigir o longa, porém abandonou o projeto depois da indefinida situação financeira da estúdio MGM, o que ocasionou constantes atrasos na produção. A aventura será dividida em duas partes, sendo a primeira programada para chegar aos cinemas em dezembro de 2012 e a segunda em dezembro de 2013.

13 de out de 2010

ANA PAULA ARÓSIO É DESLIGADA DA PRÓXIMA NOVELA DAS OITO

by
Por André Moreira

Ana Paula Arósio seria Marina na novela de Gilberto Braga
Depois de ficar reservada por um ano como protagonista da próxima novela de Gilberto Braga, Insensato Coração, Ana Paula Arósio foi desligada pela Rede Globo por faltar as gravações que aconteceriam me Florianópolis, onde a trama irá se passar. Sem maiores explicações sobre o motivo que levou a atriz a faltar as gravações, a Rede Globo através de sua a ssessoria soltou o seguinte comunicado:

Ana Paula Arósio deixa a próxima novela das oito

No final de setembro, em Florianópolis, começaram as gravações da próxima novela das oito, escrita por Gilberto Braga e Ricardo Linhares e com direção de núcleo de Dennis Carvalho.
 Ana Paula Arósio, a protagonista escalada para a trama, não compareceu às gravações e, por isso, a direção tomou a decisão de substituir a atriz. “O trabalho da produção segue na capital catarinense, enquanto a emissora avalia quem irá assumir o papel de Marina.”

Insensato Coração irá substituir Passione no horário das 20h.

2 de out de 2010

CRÍTICA: COMER, REZAR, AMAR

by
Apesar de um pouco longo, filme protagonizado por Julia Roberts e Javier Barden tem bons momentos

Por André Moreira


Se há uma certeza em Comer,Rezar, Amar (Eat, Pray, Love), a adaptação imperfeita ainda lindamente reproduzidas para a telagrande das memórias de Elizabeth Gilbert em um ano de dor e cura, estrelado por Julia Roberts  é esta: Haverá lágrimas.

Lágrimas de felicidade, de tristeza, alívio, choro angustiante, na verdade praticamente qualquer variação imaginável. Portanto, há necessidade de preparar o lenço de papel para acompanhar as desventuras de Roberts, Javier Bardem, Billy Crudup, Viola Davis, Richard Jenkins em um longa demasiadamente longo, que apesar disso não compromete o filme como um todo. Talvez uma redução em sua metragem o fizesse de fato mais enxuto, por assim dizer.

O filme tal qual o livro é extremamente emocional e assim como o livro acabou por ser um veículo perfeito para Gilbert trabalhar todo tipo de altos e baixos emocionais. O longa cria um espaço e um lugar para dar a Julia Roberts mostrar em sua boa interpretação uma onda de sentimentos e dessa forma ela consegue passar para o espectador todo o manancial de ressentimento, culpa, arrependimento , perdão, alegria e esperança de mudar sua vida proposto pela personagem.

Em Ryan Murphy (diretor do longa), ela parece encontrar o diretor perfeito. Ele fez  carreira ao trabalhar personagens com conflitos pessoais, com problemas de relacionamento e auto-estima de forma brilhante, principalmente na TV com "Nip / Tuck" e "Glee". E sim, eu sei que o cinema e a televisão são meios muito diferentes, mas esse não é o problema aqui. Murphy torce todos os seus atores de forma emocionalmente seca, expondo a vulnerabilidade de cada um. Tudo, claro, bem emoldurado com belas, para não dizer, lindas locações como Itália e Índia. Tudo a cargo de Robert Richardson (vencedor do Oscar por "O Aviador" e "JFK").

Mas nem tudo é perfeição. Comer, Rezar, Amar nunca iria ser uma adaptação fácil, dado a complexidade emocional da história criada por Gilbert, apesar de Murphy e sua parceira roteirista Jennifer Salt se saírem bem na maior parte da história. É exatamente na Itália, onde se passa boa parte da trama, que o filme se perde e nada acrescenta a não ligarde forma coesa e sim superficial a história da personagem com a de seus coadjuvantes italianos. A escolha pela narração feita em off pela personagem de Julia parece servir de distração nesses momentos de tédio e sem o bom desenvolvimento do filme. No mais, como na parte indiana principalmente, o filme segue sua proposta emocional e de busca, assim como em sua parte final na Indonésia. E Barden, que custa a surgir na tela, cumpre a risca seu papel, preenchendo e complementando a personagem de Roberts com seu talento. E para nós brasileiros o charme a mais fica com a trilha brasileira bossa-novista que embala o encontro do casal. Melhor impossível.

Top Ad 728x90