Top Ad 728x90

24 de set de 2011

ESPECIAL ROCK IN RIO: ENTRE KATE PERRY E RIHANNA

Foto divulgação: Rogério Rezende
Por André Moreira

A primeira e uma das mais aguardadas noite do Rock In Rio foi marcada por muita ansiedade por parte dos fãs mais jovens. Entre crianças e adolescentes, diga-se de passagem. Fãs de Kate Perry e Rihanna, novas divas da pop music mundial, dividiam o espaço entre os pais e fãs mais velhos, a legião de fãs do mestre Elton John. Vindos dos mais diferentes lugares do País, o clima era marcado pela emoção de poder ver de perto - ou não tão perto assim - suas adoradas divas.
A espera por Kate Perry não de morou muito e seguiu corretamente o cronograma de shows programados para a noite do primeiro dia de festival. Vindo logo após a diva genérica bahiana Claudia Leite, que apesar de muitos trorcerem o nariz, fez um show correto, embora sem surpresas, Kate entrou no palco pouco depois das 22h e mandando ver com seus já conhecidos hits como Teenage Dream, que abriu a noite, California Girls, Hot n´Cold e I Kissed a Girl. Um show curto e esquemático que só empolgou o público quando a cantora chamou ao palco um dos fãs que estavam, no gargarejo da platéia. O sortudo agora conhecido como Julio de Sorocaba flertou com a pop star no palco e se tornou personalidade instantânea nas redes sociais. Em menos de 5 minutos seu nome já constava nos trend topics do Twitter e o professor de informática parece ainda curtir seus 15 minutos de fama até agora. Seus seguidores saltaram para mais de 35 mil em pouquíssimo tempo. Se vai sustentar isso aí já são outros quinhentos. 
Foto divulgação: Carla Josephyne/Estácio
Logo em seguida veio o mestre Elton John e seu piano, que apesar da muita experiência de estrada, não mostrou nenhuma novidade na sua apresentação. Ficou devendo, apesar de ter de seus grandes clássicos.
Mas a mais esperada da noite preparou uma supresa para os fãs brasileiros. Um surpresa nada agradável. Com uma hora de aplauso Rihanna subiu ao palco muito tempo depois ao arrancar as primeiras vaias do festival. Mas a espera - e as vaias - valeram a pena. A cantora de Barbados fez o melhor show da noite e fez contraponto a sua amiga Kate Perry. Se a americana tinha uma produção mais elaborada em figurino e cenário, Rihanna suplantou esse detalhe - a cantora não trocou de figurino e como cenário só possuia um gigantesco telão - mostrando presença de palco, boa voz e uma profusão de hits que não deixaram os fãs parados um minuto. exalando muita sensualidade e pouca conversa, Rihana botou seus fãs para cantar junto com ela. A espera foi longa, mas para os fãs valeu muito a pena.

0 Comentários:

Top Ad 728x90