Top Ad 728x90

30 de mar de 2012

,

ESTREIA DA SEMANA: HELENO



Nunca houve alguém como Heleno. E nunca houve um filme como Heleno. Exagero? Não. Graças a uma fotografia excelente de Walter Carvalho, uma direção firme e segura de José Henrique Fonseca e a uma interpretação magistral de Rodrigo Santoro.

Heleno mostra a ascensão e queda de um dos maiores ídolos do futebol brasileiro, que sucumbiu não só a uma doença. Um ídolo na maior expressão da palavra, o célebre jogador de futebol também foi vítima de seu ego.

Heleno mostra o quanto Rodrigo alcançou a maturidade profissional em tão pouco tempo. Seu Heleno de Freitas é irretocável, indo do sutil ao raivoso. As seqüências do sanatório onde o personagem passou seus últimos dias são impressionantes.

Santoro tem uma carreira ainda em ascensão em Hollywood e é uma questão de tempo para que seja realmente notado pelo disputado mercado americano. E dado a suas ótimas escolhas de papéis e ao seu inegável talento, isso não vai ser difícil.

A ótima fase de Rodrigo começou com Bicho de Sete Cabeças, filme de Laís Bodansky, e agora chega ao seu ápice com Heleno. E o filme em si é um trabalho impressionante, bem cuidado e certamente eleva a carreira não só de seu diretor, mas principalmente de Rodrigo Santoro. Imperdível.

Titulo Original: Heleno

Gênero: Drama
Duração:
116 min.
Origem:
Brasil
Estreia:
30 de Março de 2012
Direção:
José Henrique Fonseca
Roteiro:
José Henrique Fonseca, Felipe Bragança e Fernando Castets
Distribuidora:
Downtown Filmes
Censura:
14 anos
Ano:
2011


0 Comentários:

Top Ad 728x90